Geral

Espanha ameaça Argentina por expropriação de petrolífera YPF

A Espanha ameaçou a Argentina de retaliação econômica nesta terça-feira depois que Buenos Aires decidiu tomar controle da YPF, maior petrolífera do país sul-americano, pressionando as ações da gigante espanhola de energia Repsol, principal acionista da empresa. Madri convocou o embaixador argentino em uma rápida escalada de tensões sobre a nacionalização ordenada pela presidente...

Arquivo Publicado em 17/04/2012, às 12h19

None

A Espanha ameaçou a Argentina de retaliação econômica nesta terça-feira depois que Buenos Aires decidiu tomar controle da YPF, maior petrolífera do país sul-americano, pressionando as ações da gigante espanhola de energia Repsol, principal acionista da empresa.


Madri convocou o embaixador argentino em uma rápida escalada de tensões sobre a nacionalização ordenada pela presidente Cristina Kirchner, decisão que agradou muitos compatriotas mas alarmou alguns investidores e governos internacionais.


Prometendo uma retaliação nos próximos dias, o ministro da Indústria da Espanha, José Manuel Soria, disse: “Com esta atitude, esta hostilidade de autoridades argentinas, haverá consequências que veremos ocorrer nos próximos dias. Elas serão nos campos diplomático, industrial e energético.”


A Repsol afirmou que a YPF é avaliada em 18 bilhões de dólares como um todo e que vai buscar compensação com base nesse valor. Apesar disso, as ações da companhia espanhola de energia despencavam mais de 6 por cento nesta terça-feira.


A Repsol afirmou ainda que a decisão da Argentina é “claramente ilegal e gravemente discriminatória” e informou que vai tomar medidas legais.


“Esta batalha não acabou”, disse o presidente do conselho da Repsol, Antonio Brufau.

Jornal Midiamax