Geral

Escolinha de Futebol do projeto ‘Atleta do Futuro’ está na final de Festival de Futsal

A escolinha de futebol “Campeão” do projeto Atleta do Futuro disputa a final do Festival de Futsal. A final será entre duas equipes públicas Metrópole versus a Escola Municipal Harry Amorim nesta segunda-feira (3), às 18h30 no ginásio da escola MACE, em Campo Grande.   Durante toda a campanha, o time do projeto desenvolvido pela Prefeitura […]

Arquivo Publicado em 03/09/2012, às 10h40

None

A escolinha de futebol “Campeão” do projeto Atleta do Futuro disputa a final do Festival de Futsal. A final será entre duas equipes públicas Metrópole versus a Escola Municipal Harry Amorim nesta segunda-feira (3), às 18h30 no ginásio da escola MACE, em Campo Grande. 

 Durante toda a campanha, o time do projeto desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande por meio da Fundação Municipal de Esporte chegou a final com apenas uma derrota. Este Festival de Futsal reuniu cerca de setenta equipes divididas em cinco categorias, sendo que a maior parte delas é de colégios particulares. 
 A escolinha de futebol Campeão, localizada no bairro Itamaracá, inscreveu a equipe Metodista na categoria mirim, e em dois meses de competição perdeu apenas um jogo. “É muito gratificante ver que mesmo com todas as dificuldades, e a simplicidade do trabalho, as escolinhas do projeto Atleta do Futuro, não apenas na modalidade de Futebol, mas dos demais esportes, não deixam a desejar. Isso, graças a dedicação e trabalho bem feito de toda a equipe”, declara Silvio Lobo Filho, presidente da Funesp. 
 Atleta do Futuro
Iniciado em 1997, a partir do projeto “Lápis na mão, bola no pé”, o “Atleta do Futuro” tem por objetivo levar o esporte aos bairros de Campo Grande, contribuindo para a orientação e formação desses jovens.
 O projeto atende uma média de 7 mil crianças, de 7 a 15 anos, em 15 modalidades : atletismo, basquete, boxe, caiaque, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tae kwon do, voleibol, vôlei de areia e xadrez -, com 70 polos em funcionamento em Campo Grande.
Jornal Midiamax