Geral

Erro deixa Tatiana de fora da executiva, Dagoberto corrige e exalta valor da correligionária

Erro no processo de renovação da Executiva Regional do PDT deixou a advogada Tatiana Ujacow e mais três correligionários de fora da equipe, provocando especulações de retaliação por parte da direção. Presidente regional do partido, Dagoberto Nogueira se apressou em afastar o “castigo” aos correligionários e destacou que até amanhã a falha será corrigida. “A […]

Arquivo Publicado em 24/04/2012, às 19h49

None

Erro no processo de renovação da Executiva Regional do PDT deixou a advogada Tatiana Ujacow e mais três correligionários de fora da equipe, provocando especulações de retaliação por parte da direção. Presidente regional do partido, Dagoberto Nogueira se apressou em afastar o “castigo” aos correligionários e destacou que até amanhã a falha será corrigida.


“A Tatiana é um quadro importantíssimo para o PDT porque, além de ela me ajudar a definir o destino do partido em importantes colégios eleitorais, poderá ser indicada como vice do deputado federal Edson Giroto (PMDB) na disputa pela prefeitura da Capital”, ressaltou Dagoberto.


Apesar de o PDT antecipar apoio ao PMDB em Campo Grande, Tatiana sempre defendeu o projeto de candidatura própria, visando o crescimento da legenda no Estado. Diante do posicionamento, em redes sociais, os pedetistas classificaram sua ausência na executiva regional como retaliação. “É coisa de gente que quer criar confusão”, rebateu Dagoberto.


Segundo ele, a ausência da advogada e de outros três correligionários não passou de um “erro”. “Ao enviar à direção nacional a lista dos nomes da comissão provisória encaminharam a antiga”, explicou. Os dados foram repassados na semana passada porque o período de atuação da comissão provisória venceria no último final de semana. “Amanhã, a direção nacional se reunirá e substituirá a lista antiga pela atual, reforçando a participação da Tatiana na executiva regional”, prometeu Dagoberto.

Jornal Midiamax