Geral

Empresários de MS realiza negócios durante feira do setor moveleiro

A 5º Formóbile (Feira Internacional de Fornecedores da Indústria da Madeira e Móveis), realizada de 24 a 27 de julho no Pavilhão de Exposições Anhembi, em São Paulo (SP), serviu para aproximar os empresários do segmento em Mato Grosso do Sul com maquinários de última geração na fabricação de móveis. A caravana empresarial, organizada pelo […]

Arquivo Publicado em 27/07/2012, às 11h09

None
28700234.jpg

A 5º Formóbile (Feira Internacional de Fornecedores da Indústria da Madeira e Móveis), realizada de 24 a 27 de julho no Pavilhão de Exposições Anhembi, em São Paulo (SP), serviu para aproximar os empresários do segmento em Mato Grosso do Sul com maquinários de última geração na fabricação de móveis. A caravana empresarial, organizada pelo Sindmad/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Móveis em Geral, Marcenarias, Carpintarias, Serrarias, Tanoarias, Madeiras Compensadas e Laminadas, Aglomerados e Chapas de Fibras de Madeiras, de Cortinados e Estofados de Mato Grosso do Sul) em parceria com a Fiems e Sebrae/MS, aproveitou para prospectar negócios.


Para o presidente do Sindmad/MS, Juarez Falcão, foram muitas as novidades apresentadas durante a Formóbile, que reúne expositores de máquinas, matérias-primas, ferragens, acessórios e serviços de várias partes do Brasil e também da América Latina. “O que mais nos chamou a atenção foi uma máquina equipada com um robô, utilizada para dobrar tubos. Com esse equipamento, não é necessário colocar a mão em nada, apenas programar as funções. Essa, com certeza, é uma grande novidade”, disse.


Ele avalia que o grupo sul-mato-grossense, composto por 43 empresários do segmento moveleiro, aproveitou a oportunidade, reconhecendo a importância de participar de feiras desse nível para ter acesso às novas tecnologias. Esse é o caso do empresário Sadi Bertin, da Kriativa Expositores, que saiu de Campo Grande (MS) interessado em adquirir duas máquinas, sendo uma seccionadora e uma coladeira de borda. “Em Campo Grande não tem esse tipo de equipamento, o que nos obriga a importar de outros Estados ou ainda de países da Europa. Encontrei as máquinas aqui na feira e estou em fase de negociação, decidindo ainda se vou adquiri-las ou não”, contou.


Já o empresário José Alves de Oliveira Júnior, da Multi Flex, disse que se interessou por um programa de computador. “Me chamou muito a atenção um software para desenhos e projetos, além da coladeira de bordas. A feira, com certeza, nos dá uma mostra das novidades do setor, por isso a importância do sindicato montar os grupos de empresários”, avaliou. O empresário João Ivan Pelentir contou que essa foi a primeira vez que participou de uma feira fora de Mato Grosso do Sul. “Na Formóbile, encontramos de tudo, móveis, estofados, peças, enfim, foi um ambiente perfeito para a prospecção e fechamento de negócios vantajosos”, garantiu.


A 5ª edição da Formóbile reuniu cerca de 750 expositores dos segmentos de máquinas, matérias-primas, ferragens, acessórios e serviços nos quase 80 mil metros quadrados do Pavilhão de Exposições do Anhembi. A feira é o maior evento do setor madeira-móveis da América Latina do ano e projeta receber cerca de 62 mil visitantes. “A Formóbile é uma das feiras mais importantes da cadeia produtiva de madeira e móveis do País, disponibilizando modernas tecnologias e as últimas tendências do setor”, reforçou.

Jornal Midiamax