Geral

Empresário invade quartel de bombeiros para fugir de assalto em Campo Grande

A vítima foi assaltada por dois homens em uma moto, que atiraram em sua direção e por sorte não o acertou.

Arquivo Publicado em 04/10/2012, às 20h00

None
1313569190.jpg

A vítima foi assaltada por dois homens em uma moto, que atiraram em sua direção e por sorte não o acertou.

Um empresário de 51 anos, do ramo têxtil sofreu uma tentativa de assaltado na tarde desta quinta-feira (4), na avenida Salgado Filho em Campo Grande após fazer um saque de R$ 4 mil para pagamento de funcionários.

A vítima foi abordada por dois homens em uma moto, que atiraram em sua direção e por sorte não o acertou.

J.M. fez o saque no banco Itaú na rua 14 de Julho, quando foi surpreendido pelos dois em uma moto grande e vermelha na Salgado Filho, em frente a um ferro velho. Um deles bateu com a arma contra o vidro do motorista que estava fechado.

O empresário então saiu em disparada com o veículo, um Fiat Adventure, momento em que um dos bandidos atirou na altura do seu rosto. Somente os estilhaços acertaram o motorista do veículo que fugiu em direção ao quartel do Corpo de Bombeiros, da avenida Costa e Silva.

A Polícia Militar está em diligência na região, atrás dos ladrões que fugiram sem levar o dinheiro. A tenente da PM, Fabrícia Flores acredita que os assaltantes já tinham informações do saque.

O caso foi encaminhado ao Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do bairro Piratininga.

Dicas da polícia para evitar esse tipo de roubo.

1- É sempre melhor dar preferência a realizar transações eletrônicas, via telefone ou internet. Isso evita a necessidade de realizar saques em grandes quantias em espécie;

2- Se realmente houver a necessidade de fazer um saque de um valor muito alto, em espécie, não conte o dinheiro em locais públicos ou muito visíveis. A pessoa pode evitar isso verificando se o banco possui salas reservadas para retirada de dinheiro de forma discreta e sigilosa.

3- Se puder, não vá ao Banco sozinho e também não converse com estranhos.

4- Se perceber que está sendo observado por alguém dentro da agência, fale com algum funcionário do banco ou com os seguranças;

5- Mude sempre o caminho e os horários para ir ao banco e desconfie das pessoas que passam muito tempo no banco sem buscar atendimento ou fazer alguma operação.

6- Caso perceba que está seguido por alguém, entre em alguma loja movimentada e ligue para a Polícia (190).

7- No caso de ser assaltado, NUNCA reaja. Seu dinheiro, por mais suado que seja, não é mais importante que sua vida e pode ser adquirido novamente com trabalho e esforço.

Jornal Midiamax