Geral

Empresa de Mato Grosso do Sul negocia primeiro contrato de soja boliviana

Foi fechado na última quarta-feira (3) o primeiro contrato de importação de soja boliviana tendo como destino o Brasil. A empresa que adquiriu o produto está instalada no Mato Grosso do Sul e a negociação só pôde ser concretizada, após a publicação da Instrução Normativa nº 21, no Diário Oficial da União (DOU), aprovando os […]

Arquivo Publicado em 05/10/2012, às 17h54

None

Foi fechado na última quarta-feira (3) o primeiro contrato de importação de soja boliviana tendo como destino o Brasil. A empresa que adquiriu o produto está instalada no Mato Grosso do Sul e a negociação só pôde ser concretizada, após a publicação da Instrução Normativa nº 21, no Diário Oficial da União (DOU), aprovando os requisitos fitossanitários para importação da oleaginosa do país vizinho.

Segundo Carlos Davalo, sócio diretor da Granos Corretora, a Bolívia também produz soja na safra de inverno, devendo colher a partir de 15 de outubro, aproximadamente 450 mil toneladas, sendo que 220 mil toneladas devem ser destinadas para a produção de semente. “Esse foi o primeiro de outros contratos de soja que podem ser realizados”, enfatizou.

Conforme a publicação, a compra é aberta para qualquer empresa. 

Jornal Midiamax