Geral

Em sua possível despedida, Robinho foi vaiado e o Milan acabou goleado pela Roma

Só deu Roma. Em clássico disputado no estádio Olímpico neste sábado, a equipe liderada pelo italiano Totti mostrou-se totalmente superior ao Milan dentro de campo e aplicou uma goleada de 4 a 2, em jogo que pode ter marcado a despedida do atacante Robinho pela equipe rossonera – o ex-santista conta com interesse do próprio […]

Arquivo Publicado em 22/12/2012, às 21h52

None

Só deu Roma. Em clássico disputado no estádio Olímpico neste sábado, a equipe liderada pelo italiano Totti mostrou-se totalmente superior ao Milan dentro de campo e aplicou uma goleada de 4 a 2, em jogo que pode ter marcado a despedida do atacante Robinho pela equipe rossonera – o ex-santista conta com interesse do próprio clube da Vila Belmiro e do Flamengo.



Robinho até apareceu bem em alguns lances do primeiro tempo, e chegou a deixar o jovem El Shaarawy na cara do gol para marcar – ele não fez. Já na etapa final, o brasileiro ficou apagado – exceção feita a um belo chute de fora da área defendida pelo goleiro – e deixou o campo vaiado ao ser substituído aos 24min.



Com o resultado, a Roma chega aos 32 pontos, mas mantém a sexta colocação da tabela. A diferença para a líder Juventus é de 12 pontos. Na próxima rodada, a equipe de Totti visita o Napoli, enquanto o Milan recebe o Siena. Os jogos acontecem apenas em 2013, no dia 6 de janeiro.



A goleada da Roma começou a ser escrita aos 14min, quando Burdisso aproveitou cobrança de escanteio de Totti e subiu mais alto que a defesa milanesa para mandar de cabeça no canto esquerdo do gol. 1 a 0. E antes mesmo dos 30min, o time da casa já conseguiu abrir uma vantagem de 3 a 0.



Aos 23min, Totti cruzou com precisão da esquerda para a área, Osvaldo ganhou no alto de Yepes e cabeceou firme no canto esquerdo para ampliar. Já aos 29min, foi a vez de De Rossi dar uma passe perfeito para Lamela, que tocou na saída da Amelia para ampliar a festa da torcida da Roma.



Totalmente superior na partida, a equipe de Francesco Totti – que teve uma atuação brilhante apesar de não balançar as redes – fez mais um na etapa final, aos 15min. Lamela recebeu cruzamento da esquerda, ganhou no alto e cabeceou no canto esquerdo de Amelia.



Já aos 32min, o zagueiro brasileiro Marquinhos, que até então vinha sendo um dos destaques da partida, tentou tirar a bola de El Shaarawy usando o braço e acabou sendo expulso pelo árbitro.



Com um a mais, o Milan conseguiu diminuir a vantagem com um gol de pênalti aos 41min convertido por Pazzini e outro de Bojan, aos 42min, mas a reação parou por aí.


Jornal Midiamax