Geral

Em recuperação de AVC, Antonio Russo se licencia do Senado por mais 30 dias

O senador Antônio Russo (PR) entrou de licença médica por 30 dias. O afastamento foi solicitado para reabilitação motora do senador, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 14 de julho. No atestado a médica afirmou que o parlamentar encontra-se em reabilitação e com boa evolução. A licença médica vai até o dia […]

Arquivo Publicado em 18/10/2012, às 12h02

None
592086669.jpg

O senador Antônio Russo (PR) entrou de licença médica por 30 dias. O afastamento foi solicitado para reabilitação motora do senador, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 14 de julho.

No atestado a médica afirmou que o parlamentar encontra-se em reabilitação e com boa evolução. A licença médica vai até o dia 14 de novembro. Segundo a assessoria, apesar do afastamento, o senador tem coordenado os trabalhos da equipe. Russo tem passado por uma rotina intensa de fisioterapia e terapia ocupacional em São Paulo.

Antônio Russo já tinha se afastado por 70 dias do Senado quando sofreu o AVC. Esta licença venceu no final do mês de setembro. Neste período, Russo não foi ao Senado, mas segundo a assessoria, não ficou com falta, visto que o Senado estava no chamado “recesso branco”, quando não há votação de projetos e os senadores só fazem discursos.

Pelo regimento do Senado Federal, o suplente só é convocado quando um senador se afasta por 120 dias corridos. O suplente de Antônio Russo é Ruben Figueiró de Oliveira (PSDB). A resistência a um afastamento maior do senador acontece porque Russo é da situação e sua saída daria mais um senador à oposição, visto que Figueiró é do PSDB.

Jornal Midiamax