Geral

Em Mato Grosso do Sul, 13 ex-prefeitos estarão de volta aos cargos em 2013

A eleição de 2012 vai ficar marcada pela surpreendente derrota de dois deputados favoritos para voltar a administrar prefeituras no interior do Estado. Onevan de Matos (PSDB) e Diogo Tita (PPS) perderam em Naviraí e Paranaíba, respectivamente. Porém, a eleição não foi só de fracassos para ex-prefeitos. No próximo ano, 60 novos prefeitos estarão administrando […]

Arquivo Publicado em 11/10/2012, às 11h20

None

A eleição de 2012 vai ficar marcada pela surpreendente derrota de dois deputados favoritos para voltar a administrar prefeituras no interior do Estado. Onevan de Matos (PSDB) e Diogo Tita (PPS) perderam em Naviraí e Paranaíba, respectivamente. Porém, a eleição não foi só de fracassos para ex-prefeitos. No próximo ano, 60 novos prefeitos estarão administrando cidades no Estado. Os demais foram reeleitos. 

Dos 60 novos prefeitos, 12 já foram chefes do Executivo no passado. Conseguiram se eleger novamente os ex-prefeitos: Ildomar Carneiro (PMDB) – Alcinópolis; Sérgio Barbosa (PMDB) – Amambai; Abrahão Zacarias (PMDB) – Bela Vista; Dalton Lima (PMDB) – Corguinho; Waldeli dos Santos Rosa (PMDB) – Costa Rica; Maurílio Azambuja (PMDB) – Maracaju; Humberto Amaducci (PT) – Mundo Novo; Roberto Hashioka (PMDB) – Nova Andradina; José Domingues, Zé Cabelo (PSDB) – Ribas do Rio Pardo; Mário Kruger (PT) – Rio Verde; Adão Rolim (PR) – São Gabriel do Oeste e Enelvo Felini (PSDB) – Sidrolândia. Vanderley Mota (PT), que governou Pedro Domes de 2005 a 2008, também voltará à prefeitura 2013.

Em Bonito, Geraldo Marques (PDT) também pode voltar ao comando da prefeitura se o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) livrá-lo de pedido de impugnação da candidatura em recurso na instância superior.

Em Mato Grosso do Sul, 42 dos 78 prefeitos poderiam tentar a reeleição. Porém, 11 desistiram. Dos 31 que tentaram ficar mais quatro anos, apenas 19 conseguiram vencer. Dos 11 que desistiram, seis conseguiram emplacar substitutos. As rejeições aos indicados ocorreram nos municípios de Amambai, Batayporã, Bela Vista, Deodápolis, Rio Verde e Taquarussu.

Jornal Midiamax