Geral

Em busca de mais um título, Vila Carvalho está quase pronta para o Carnaval 2012

A um mês para o Carnaval, a escola de samba Unidos da Vila Carvalho está a todo vapor com os últimos preparativos. Fantasias e carros alegóricos estão praticamente prontos para desfilarem com todo o glamour exigido de uma escola que busca ser penta-campeã em 2012. No samba enredo, a história de Campo Grande dá ritmo […]

Arquivo Publicado em 19/01/2012, às 12h42

None
1246149546.jpg

A um mês para o Carnaval, a escola de samba Unidos da Vila Carvalho está a todo vapor com os últimos preparativos. Fantasias e carros alegóricos estão praticamente prontos para desfilarem com todo o glamour exigido de uma escola que busca ser penta-campeã em 2012.


No samba enredo, a história de Campo Grande dá ritmo à bateria, que também já começa a ser recauchutada para anunciar a escola na avenida em fevereiro. Sobre os carros alegóricos, o suspense ainda paira no ar, mas o presidente da escola, José Carlos de Carvalho, garante que estão bem adiantados com os preparativos. “Foi o Carnaval mais tranquilo que tivemos”, conta.


No barracão, o movimento é intenso, seja de dia, com o trabalho para acertar os últimos detalhes, ou à noite, com os ensaios abertos à comunidade. Segundo Ruth Garcia, esposa de Zé Carlos, para fazer o elenco da Vila Carvalho brilhar na avenida, cerca de 200 pessoas colocam a mão na massa. “É muita gente envolvida para dar conta de tudo, desde costureiras aos alegoristas”, numera.


Aos 68 anos e 35 só de Vila Carvalho, Zé Carlos fala com orgulho e amor da escola de samba fundada por Felipe Duque, o “saudoso Felipão”. Ele tem na ponta da língua praticamente todos os enredos cantados em 43 anos de história.


Em 2012, o orçamento de fantasias, carros alegóricos, instrumentos e demais preparativos somou, até agora, R$ 86 mil. Dinheiro que é levantado com muito suor e trabalho dos membros da escola de samba. “É muito difícil fazer Carnaval em Campo Grande, sempre conseguimos tudo na raça, na luta”, diz Zé Carlos.


Para ajudar nas finanças, a Vila Carvalho faz promoções. Uma delas é a Feijuca, realizada no dia 4 de fevereiro, a partir das 11h, na Mansão do Parque. No dia anterior (3), haverá um pré-lançamento da feijoada, na sede da escola e aberta à comunidade.


De segunda-feira a sábado, a Vila Carvalho tem ensaio da bateria e abre as portas do barracão para quem quiser sambar. A entrada é gratuita, exceto às sextas-feiras e sábados, que é cobrado R$ 5 para entrar. “É uma forma de a gente arrecadar dinheiro para fazermos nosso Carnaval”, pontua o presidente.


Com o coração verde e rosa, Zé Carlos, assim como muitos da comunidade, dedicam-se o ano inteiro para honrarem cada título que já conquistaram. “Para a gente, o Carnaval não acaba, já estamos pensando no samba enredo de 2013”, conta. E assim, eles se preparam para levar o espetáculo mais esperado do ano para a avenida.


Esse ano, os desfiles das escolas de samba de Campo Grande será nos dias 17 e 18 de fevereiro, e permanece na rua Alfredo Scaff, na Vila Sobrinho, em frente à Praça do Papa.

Jornal Midiamax