Geral

Eleitor chega para votar e constata que entregaram seu comprovante por equívoco

Contrariado após confusão em um colégio eleitoral neste domingo (28), já que entregaram o seu comprovante de votação, antes mesmo dele ter votado, o servidor público S.R.S., 45 anos, foi vítima do que ele qualificou como sendo um ‘erro grotesco’ das eleições municipais 2012, em Campo Grande. Segundo o servidor, ele foi votar durante a […]

Arquivo Publicado em 28/10/2012, às 16h57

None
254820546.jpg

Contrariado após confusão em um colégio eleitoral neste domingo (28), já que entregaram o seu comprovante de votação, antes mesmo dele ter votado, o servidor público S.R.S., 45 anos, foi vítima do que ele qualificou como sendo um ‘erro grotesco’ das eleições municipais 2012, em Campo Grande.


Segundo o servidor, ele foi votar durante a manhã na escola Municipal Delmira Ramos, bairro Coophavila, quando foi informado que já não havia mais o seu comprovante de votação e ainda constava o começo de uma assinatura em seu nome.


S. então ligou para a Justiça Eleitoral e a Polícia Federal, quando foi informado que era para tentar concluir a votação e checar se o seu voto realmente estava cadastrado no sistema. Caso não, a vítima deveria ligar novamente para fazer a denúncia.


A reportagem do Midiamax o acompanhou neste momento. Na escola foi esclarecido que outro eleitor levou o comprovante dele por equivoco, sendo registrado em ata que não foi entregue o seu comprovante. Ele então recebeu a orientação para se dirigir a um cartório eleitoral e pegar um novo comprovante.


“Uma eleição desse tamanho não era para ter um erro grotesco como esse. Votei, mas para mim já não era mais a mesma coisa e fiquei inseguro”, concluiu o eleitor.

Jornal Midiamax