Geral

Educadores de Corumbá e Ladário são capacitados para o projeto MPT na Escola

O Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou no dia 16 de agosto, no auditório do Campus Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Corumbá, a primeira oficina de formação de coordenadores do projeto MPT na Escola na região. Cerca de 20 educadores de Corumbá e Ladário, entre coordenadores e professores, participaram das […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 13h28

None
1142964677.bmp

O Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou no dia 16 de agosto, no auditório do Campus Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Corumbá, a primeira oficina de formação de coordenadores do projeto MPT na Escola na região. Cerca de 20 educadores de Corumbá e Ladário, entre coordenadores e professores, participaram das palestras e debates.


O projeto MPT na Escola é realizado em todo o Brasil, com apoio das secretarias municipais de educação para prevenção do trabalho infantil, por meio da capacitação dos profissionais de educação. Nas oficinas, coordenadores municipais e escolares são preparados para repassar a metodologia do projeto e disseminar o conteúdo nas escolas dos municípios participantes. Em Corumbá e Ladário, o projeto vai beneficiar cerca de 1.700 alunos, do 5º e do 9º ano do ensino fundamental.


Os procuradores do trabalho Cândice Gabriela Arosio, titular no Mato Grosso do Sul da Coordenadora de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) do MPT, e Rafael Salgado falaram aos coordenadores sobre o papel do MPT, esclarecendo as atribuições previstas na Constituição Federal e do combate ao trabalho infantil, que é uma das áreas prioritárias de atuação da instituição no país. Cândice destacou as piores formas de trabalho infantil, dentre as quais, a exploração sexual comercial e o uso de crianças e adolescentes para trafico ilícito de drogas.


Sobre o MPT na Escola – O projeto inicia-se com a realização de oficinas de capacitação e sensibilização dos profissionais da educação. A finalidade é preparar os educadores para que atuem como multiplicadores dos temas, o que é feito com sua abordagem nas salas de aula e por meio de palestras que abrangem toda a comunidade escolar. O MPT realiza as oficinas de formação, fornece material de apoio pedagógico e faz o acompanhamento e a avaliação do projeto.


Na região, a próxima etapa do projeto será a realização pelos municípios da oficina de capacitação dos professores e a elaboração do plano de ação.

Jornal Midiamax