Geral

E-commerce: Black Friday atrapalhou crescimento no Natal

As vendas do comércio eletrônico brasileiro no Natal tiveram um crescimento nominal de 18% neste ano, com relação a 2011, atingindo R$ 3,06 bilhões entre 15 de novembro e 24 de dezembro, segundo dados divulgados pela consultoria e-bit nesta quarta-feira. No entanto, o resultado não alcançou o avanço esperado de 25%. Entre as causas da […]

Arquivo Publicado em 26/12/2012, às 21h03

None

As vendas do comércio eletrônico brasileiro no Natal tiveram um crescimento nominal de 18% neste ano, com relação a 2011, atingindo R$ 3,06 bilhões entre 15 de novembro e 24 de dezembro, segundo dados divulgados pela consultoria e-bit nesta quarta-feira. No entanto, o resultado não alcançou o avanço esperado de 25%. Entre as causas da desaceleração estão o pico da Black Friday e o endividamento.



“De uma maneira geral, 2012 foi um bom ano nas vendas online, especialmente no primeiro semestre. Na segunda metade, notou-se um movimento intenso na Black Friday, o que pode ter desviado os consumidores das compras de Natal”, afirmou em nota a diretora-executiva do e-bit, Cris Rother.



Segundo a consultoria, a Black Friday realizada em 23 de novembro teve um pico 143% nas vendas, ocasionando atraso nas entregas e desacelerando as vendas no Natal. Além disso, o endividamento em alta da nova classe média também colaborou para que os números na ocasião não fossem os previstos.



A Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) divulgou também nesta quarta-feira um crescimento de 6% nas vendas de Natal em comparação com o mesmo período do ano passado.



Atrasos



Quem comprou presente de Natal pela internet ainda pode estar esperando a chegada do produto. Segundo a e-bit, os atrasos na entrega de compras online subiram para 18,37% neste ano, ante 13% em 2011.


Jornal Midiamax