Geral

Dourados será vigiada por 64 câmeras

Assim que o Ministério da Justiça liberar os recursos, equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da região central da cidade

Arquivo Publicado em 06/12/2012, às 11h39

None
2023545175.jpg

Assim que o Ministério da Justiça liberar os recursos, equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da região central da cidade

Dourados está prestes a ser contemplada com projeto que prevê instalação de câmeras em pontos estratégicos. Falta apenas o Ministério da Justiça liberar os recursos para a cidade receber vigilância eletrônica.


De acordo com o diretor interino da Guarda Municipal João Vicente Chencareck, equipe da Secretaria de Planejamento da prefeitura irá a Brasília discutir sobre o assunto. “Encaminhamos o projeto para solicitar os equipamentos e ele foi aprovado pelo Ministério da Justiça, restando apenas a liberação dos recursos”, explica o diretor da Guarda.


Na manhã desta quarta-feira João Vicente apresentou o projeto de vigilância de câmeras para representantes da segurança pública da cidade. Na oportunidade o prefeito Murilo Zauith empossou os novos integrantes do conselho do Gabinete de Gestão Integrada do Município de Dourados.


A equipe é formada por representantes da prefeitura, da OAB, Ministério Público e de todos os organismos de segurança, incluindo Corpo de Bombeiros. Entre os representantes, segundo a assessoria da prefeitura, estão o delegado regional de Polícia Civil Antonio Carlos Videira, o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar Ary Carlos Barbosa e o promotor de Justiça João Linhares Junior.


Monitoramento


O projeto está sendo conduzido pela Guarda Municipal e tem como objetivo inibir a violência, além de assaltos e furtos no comércio em geral. Várias cidades em todo o país também pleiteiam a instalação de câmeras. Liberados os recursos, a proposta é instalar 64 equipamentos em pontos estratégicos de Dourados, como na Avenida Marcelino Pires, Praça Antônio João, shopping, entre outros locais mais visados por assaltantes.

Jornal Midiamax