Geral

Douradão vira sede de instituições e sindicatos após reforma

Desde o segundo semestre de 2010 o estádio Frédis Saldivar, o “Douradão”, tem passado por uma série de reformas e já foi palco de eventos esportivos importantes como jogos do Campeonato Estadual de Futebol, Copa do Brasil e Série D do Brasileirão. O que poucos sabem é que o local também é utilizado como sede […]

Arquivo Publicado em 27/07/2012, às 13h52

None
361379690.jpg

Desde o segundo semestre de 2010 o estádio Frédis Saldivar, o “Douradão”, tem passado por uma série de reformas e já foi palco de eventos esportivos importantes como jogos do Campeonato Estadual de Futebol, Copa do Brasil e Série D do Brasileirão.


O que poucos sabem é que o local também é utilizado como sede para importantes instituições e sindicatos. O empreendimento já abrigava o Sindicato da Guarda Municipal de Dourados e em 2011 acolheu a Funed (Fundação de Esportes de Dourados).


“Todas as salas, sanitários, estacionamentos e outros setores foram recuperados com um investimento de mais de R$ 1 milhão e estão em ótimas condições de uso, por isso o Douradão tem sido utilizado também para este fim, até como uma forma de economizar”, explicou Laerte Ramos, administrador do estádio.


A área também é ocupada pelo Sindicato dos Árbitros de Dourados e pela União Douradense das Associações de Moradores (Udam). Em breve, o local será a sede da Junta Militar, Associação Profissional de Instrutores e Diretores de Auto Escolas da Região Sul de Mato Grosso do Sul e do Conselho Municipal de Educação, que irão se instalar em salas utilizadas anteriormente como bilheterias.


“Este é sem dúvida o empreendimento mais valioso da cidade, com valor estimado em R$ 400 milhões. Essas entidades trazem tranquilidade, pois o estádio será utilizado e conservado. Uma obra como essa não pode ficar parada, tem que ser aproveitada de todas as maneiras possíveis”, explicou Laerte.

Jornal Midiamax