Geral

Dois corpos queimados em Hilux são identificados; outro ocupante está desaparecido

Dois dos três corpos encontrados carbonizados dentro de uma Toyota Hilux, em uma estrada deserta em Paranhos, no MS, foram identificados, ontem (18), como Jucimar Gomes Favoretti, de 44 anos, e Alexandre Emilio de Almeida, de 38 anos. A outra vítima ainda não foi identificada, mas suspeita-se que seja Peterson Barros de Araújo, de 25 […]

Arquivo Publicado em 19/01/2012, às 13h56

None

Dois dos três corpos encontrados carbonizados dentro de uma Toyota Hilux, em uma estrada deserta em Paranhos, no MS, foram identificados, ontem (18), como Jucimar Gomes Favoretti, de 44 anos, e Alexandre Emilio de Almeida, de 38 anos. A outra vítima ainda não foi identificada, mas suspeita-se que seja Peterson Barros de Araújo, de 25 anos.

Segundo informações do delegado da cidade, Marcelo Silva Alves Branco, os corpos estão no IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã e foram reconhecidos pelas esposas por causa das jóias que usavam.

Marcelo disse que mais um homem teria viajado com as vítimas. Robson de Souza, de 35 anos, proprietário do carro, está como desaparecido.

Os homens teriam saído do município de Eldorado, no domingo (15), com a finalidade de visitar terras para comprar, porém o delegado acredita que este pode não ser o real motivo, visto que o local onde os corpos foram encontrados é muito afastado, próximo à Coronel Sapucaia.

A polícia também comenta que todas as vítimas têm passagens pela polícia e já até estiveram presas, mas não quis comentar sobre os crimes.

Sabe-se até o momento que duas das vítimas foram assassinadas com tiros na cabeça. Isso foi o que apontou o atestado de óbito já emitido. Portanto o delegado acredita que todos foram mortos e depois incendiados no veículo, mas o crime está sob investigação.

A polícia segue a linha de homicídio, descarta a possibilidade de assalto, e dá continuidade às investigações ouvindo familiares e em busca dos assassinos.

Jornal Midiamax