Geral

Dilma garante R$ 180 milhões a Campo Grande pelo PAC 2 da Mobilidade Urbana

Na manhã desta terça-feira (24) o governo federal realizou em Brasília a solenidade de lançamento do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade Urbana. A gestão da presidenta Dilma Rousseff garantiu R$ 180 milhões para obras que vão melhorar o sistema de transporte coletivo de Campo Grande. É o maior repasse de recursos […]

Arquivo Publicado em 25/04/2012, às 20h44

None

Na manhã desta terça-feira (24) o governo federal realizou em Brasília a solenidade de lançamento do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade Urbana. A gestão da presidenta Dilma Rousseff garantiu R$ 180 milhões para obras que vão melhorar o sistema de transporte coletivo de Campo Grande.


É o maior repasse de recursos da história da capital sul-mato-grossense. O deputado federal Vander Loubet (PT-MS) comemorou a viabilização desses recursos para Campo Grande e destacou que isso se deve ao olhar do governo petista na Presidência da República.


“Antes de 2003 praticamente não existia investimento federal nos municípios. Essa realidade mudou com a chegada do companheiro Lula à Presidência, que teve a sensibilidade de enxergar que é preciso investir onde estão as pessoas. E agora no governo da Dilma essa visão permanece mais forte do que nunca”, destacou Vander.


O projeto de mobilidade urbana contempla a construção de quatro novos terminais de transbordo (Cafezais, Tiradentes, Parati e São Francisco), 41 terminais de embarque pré-pago, abertura de 58,7 quilômetros de corredores exclusivos de transporte e 500 abrigos de ônibus, além da construção de um viaduto (na rotatória das avenidas Olavo Vilela Andrade/Interlagos e Gury Marques, próximo ao Morenão) e intervenções viárias em três cruzamentos de avenidas: Cafezais com Gury Marques (na saída para São Paulo), Guaicurus com Gury Marques (entre os bairros Alves Pereira e Universitário) e Cônsul Assaf Trad com Marquês de Herval (na saída para Cuiabá).

Jornal Midiamax