Geral

Dilma espera maior crescimento e confirma permanência de Mantega

A presidente Dilma Rousseff disse esperar “o maior crescimento possível” para 2013 e garantiu que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sob hipótese alguma deixará o governo. A presidente deu as declarações em café da manhã com jornalistas que cobrem a Presidência da República. “Eu espero fazer o maior crescimento possível. Estou fazendo o possível […]

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 14h07

None

A presidente Dilma Rousseff disse esperar “o maior crescimento possível” para 2013 e garantiu que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sob hipótese alguma deixará o governo. A presidente deu as declarações em café da manhã com jornalistas que cobrem a Presidência da República.


“Eu espero fazer o maior crescimento possível. Estou fazendo o possível e o impossível”, disse a presidente, sem querer fazer previsões de quanto deverá ser a taxa esperada pelo governo para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB – soma de todas as riquezas produzidas no País).


Frente a críticas do mercado e de publicações especializadas, como a revista britânica The Economist, que pedem a demissão do ministro da Fazenda, Dilma foi categórica: “Posto que sou que quem decido, o Mantega não tem a menor hipótese de sair. A não ser que ele queira”.


Segundo analistas do mercado ouvidos pelo Banco Central (BC), a previsão de crescimento para o ano que vem é de 3,3%. Essa previsão vem se reduzindo ao longo da semana.


Rena de nariz vermelho


Dilma minimizou também a sátira do blog BeyondBrics, do jornal Financial Times, sobre o desempenho da economia brasileira em um conto de Natal. Na fábula, a Dilma aparece como uma rena de nariz vermelho e o ministro Mantega como “Guido, o elfo vidente”.


“A rena de nariz vermelho é bem engraçadinha. Não se incomodem com isso”, disse. Questionada sobre o desempenho mexicano, que poderia puxar a crescimento da América Latina, a presidente limitou-se a dizer: “Vai querendo!”.

Jornal Midiamax