Geral

“Desejo que minha filha me perdoe”, diz pai que agrediu menina de nove anos

Após ser solto, o pai que foi filmado por um vizinho agredindo a filha de 9 anos falou com exclusividade para a TV Morena nesta quinta-feira (19) e disse que deseja que a filha o perdoe pelas agressões. Acompanhado de dois advogados, o homem de 29 anos, morador do Mário Covas, disse que não vê […]

Arquivo Publicado em 19/04/2012, às 17h02

None

Após ser solto, o pai que foi filmado por um vizinho agredindo a filha de 9 anos falou com exclusividade para a TV Morena nesta quinta-feira (19) e disse que deseja que a filha o perdoe pelas agressões.


Acompanhado de dois advogados, o homem de 29 anos, morador do Mário Covas, disse que não vê a criança desde o dia do ocorrido e lamenta o episódio isolado, segundo ele. “Eu sei que ela é uma criança inteligente e peço que ela me perdoe por tudo”, declarou o pai.


Diante das câmeras, ele reconheceu que foi agressivo com a filha, mas que não costuma ser. “Quem me conhece sabe que não sou agressivo e que não tive a intenção de machucar a minha filha”, esclareceu.


Ao sair da emissora de TV, os advogados do pai alegaram que ele já estava muito cansado por hoje para dar qualquer entrevista. “Podem nos ligar para marcar, mas a partir de amanhã. Hoje ele não fala mais”, declarou um deles.


O acusado saiu em um carro dos advogados, com vidros escuros e protegido pelos dois. Pessoas da equipe de TV da emissora disseram que após a entrevista, o pai foi levado para uma sala para ver as imagens do momento no qual foi flagrado agredindo a criança. Eles dizem que o pai chegou a chorar ao ver as cenas.


Populares que passavam pelo local perguntavam o motivo da movimentação da imprensa na portaria da emissora e, ao saberem por quem as equipes estavam lá, diziam: “bata nele por mim, por favor”.


A movimentação chamou a atenção inclusive dos funcionários da TV. Um deles chegou a dizer: “me dê um minuto com este cara para ele ver se o que ele fez machuca ou não”, disse irritado.


O caso


O homem de 29 anos que foi preso após agredir a filha de 9 anos na última sexta-feira (13), no bairro Mário Covas, em Campo Grande, foi solto no início da noite de terça-feira (17).


A criança teria danificado um ímã de geladeira e com isso a madrasta avisou o pai que agrediu a filha na varanda de frente da residência.


Nas filmagens ela aparece sofrendo golpes nas pernas, nádegas e até na cabeça. Ele foi preso em flagrante e no momento em que a Polícia Civil chegou a casa, a menina estava de castigo, no quarto.


De acordo com a delegada, o pai disse que bateu na filha para educá-la. Um dos vizinhos filmou as cenas de agressão.

Jornal Midiamax