Geral

Descontos de até 70% atraem campo-grandenses que fazem filas em lojas

Intenção dos lojistas é liquidar o estoque e renovar o mostruário

Arquivo Publicado em 06/01/2012, às 13h11

None
201177368.jpg

Intenção dos lojistas é liquidar o estoque e renovar o mostruário

Passar mais de 24 horas em uma fila, sem ter onde dormir e ir ao banheiro, já parece algo normal para centenas de campo-grandenses nesta época do ano, que aguardam a abertura das lojas para comprar produtos com até 70% de descontos. A intenção, segundo os gerentes, é liquidar todo o estoque adquirido para as vendas de Natal e Ano Novo e renovar o mostruário.

“O faturamento de um dia desta campanha já equivale a dez dias normais de vendas nas nossas lojas. Temos de escoar o restante dos produtos desta época e para isso já temos uma antiga negociação da empresa com o fabricante, que garante ótimos descontos há 19 anos, desde o primeiro ano da rede de lojas Magazine Luiza. São três milhões de produtos com descontos na liquidação que começou às 6h desta sexta-feira e vai até às 14h de hoje”, afirma o gerente regional André Ricardo Biagioni.

Atentos às promoções, os clientes não param de sair das lojas carregados de compras. Homens anunciam colchões de solteiro a R$ 50, panela de pressão a R$ 7, televisão LED 32’ a R$ 699, entre outros e, por conta do preço, não tem entrega em casa nem ninguém que faça a montagem do produto.

“Mesmo que a maioria dos produtos esteja muito barato, alguns enganam o cliente. Eu, por exemplo, saí de casa para comprar uma geladeira que custa R$ 2.100 para pagar R$ 1.200, só que me cobraram R$ 1.450 e mesmo assim vale a pena. Além disso, minha filha estava me pedindo a Barbie veterinária que custa cerca de R$ 100 e eu paguei R$ 20”, afirma a empresária Fernanda Fátima Mendonça de Souza, 28 anos.

No embalo do concorrente, muitas lojas anunciaram que estão com grandes descontos nos produtos. “Já fizemos a nossa liquidação e agora estamos aproveitando o movimento na Rua 14 de julho, para expor descontos de 50% a 70%. Vendemos ontem cerca de 150 tanquinhos por R$ 129. O preço normal é de R$ 209. Tínhamos 140 peças no estoque e acabaram todos com uma clientela de quase mil ao dia”, afirma o gerente regional há oito anos da rede de Lojas Romera, Luiz Carlos Gonzales.

Jornal Midiamax