Geral

Delegado aguarda laudos e ouve depoimento sobre assalto em residência de promotor

O delegado Humberto Peres Lima do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Dourados, responsável pelas investigações sobre o assalto ocorrido na tarde da última quarta-feira, dia 25 de julho, na residência do promotor de justiça Amilcar Araújo Carneiro Júnior, localizada na rua Iguassu, entre as ruas Pedro Celestino e General Osório, no […]

Arquivo Publicado em 30/07/2012, às 20h11

None

O delegado Humberto Peres Lima do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Dourados, responsável pelas investigações sobre o assalto ocorrido na tarde da última quarta-feira, dia 25 de julho, na residência do promotor de justiça Amilcar Araújo Carneiro Júnior, localizada na rua Iguassu, entre as ruas Pedro Celestino e General Osório, no jardim Girassol, nas proximidades da Unigran, disse que o inquérito está em fase de depoimentos das testemunhas e que está aguardando os laudos da perícia para sua conclusão.

Na ocasião dois homens fortemente armados arrombaram a casa, logo após familiares do promotor terem deixado a residência e levaram uma arma, dois celulares, além de um rádio transmissor de propriedade da empresa de monitoramento que faz a vigilância do local.

O assalto teve início por volta das 13h30 quando o alarme da casa do promotor disparou na sede da empresa de monitoramento. Em poucos minutos um funcionário da empresa se deslocou até a casa em uma motocicleta para verificar o que havia a acontecido, mas foi rendido pelos bandidos e foi obrigado a entregar os telefones celulares, o rádio transmissor e as chaves da motocicleta.

Com a demora do funcionário, a empresa designou mais dois funcionários foram irem até a residência do promotor, mas acompanhados por policiais.

O delegado Humberto Peres informou ainda que como os assaltantes arrombaram os miolos das fechaduras do portão da frente e da porta do fundo da casa, deixaram no local, impressões digitais que ajudarão na identificação dos marginais, possibilitando assim a prisão dos mesmos, que fugiram do local do crime sem deixar pistas aparentes.

Jornal Midiamax