Geral

De virada, Ubiratan vence Operário e conquista Taça Cidade de Dourados

Ubiratan e Operário estiveram em campo disputando a velha rivalidade na noite dessa quinta-feira (20) no estádio Fredis Saldivar “Douradão” e contando com ex-jogadores que brilharam pelo clube. A vitória de 2 a 1 do leão da fronteira resultou na conquista do Taça Cidade de Dourados e no troféu “Juarez Amigo de Todos”. O amistoso […]

Arquivo Publicado em 22/12/2012, às 14h34

None

Ubiratan e Operário estiveram em campo disputando a velha rivalidade na noite dessa quinta-feira (20) no estádio Fredis Saldivar “Douradão” e contando com ex-jogadores que brilharam pelo clube.


A vitória de 2 a 1 do leão da fronteira resultou na conquista do Taça Cidade de Dourados e no troféu “Juarez Amigo de Todos”. O amistoso esteve dentro da programação do evento realizado em alusão aos 77 anos de Dourados completados nesse dia 20 de dezembro.


Com o tradicional uniforme branco com listras pretas, o Operário teve em sua meta o goleiro Cassiano que brilhou por décadas na equipe e também Xirú, o meia habilidoso que jogou nos anos 90 pelo time.


O presidente Giovanny Marques realizou uma entrega de placas de agradecimentos aos ex-jogadores do clube durante o intervalo. Do lado do Ubiratan, o treinador e ex-jogador Dênis Augusto contou com ex-jogadores Andrade (tricampeão estadual pelo clube), Cleiton, Marco Antônio, Zé Luciano e Marques (bicampeão em 1998 e 1999), Elivelton, Toto e Tato (campeão em 1999).


O jogo


 O primeiro tempo começou morno e as equipes sentindo a falta de entrosamento. Com poucos lances de perigo, o Operário conseguiu abrir o placar em pênalti cometido por Toto ao resvalar o braço na bola. Xirú cobrou e fez o primeiro gol do clássico.


O Ubiratan chegou ao empate ainda no primeiro tempo em uma bola alçada na área pelo menino Alex Aguero que Cássio cabeceou. Com muitas mudanças das duas equipes no segundo tempo, o Ubiratan foi melhor e acabou perdendo algumas chances claras de gol. Porém, Altair Cabeça recebeu cruzamento na área e com um leve toco colocou o leão da fronteira na frente do placar.


O Operário ainda tentou chegar ao empate, mas o placar não mais se alterou e o Ubiratan conquistou a Taça Cidade de Dourados. Andrade levantou a taça para festa dos torcedores e jogadores.


A festa


Em meio a muitas especulações de uma possível volta ao futebol profissional em 2013, os jogadores do Ubiratan comemoram a vitória sobre o antigo rival da cidade dizendo muitos deles que “deu a lógica”, uma provocação ao rival se referindo a sequencia de vitórias que Ubiratan obtinha quando ainda as equipes disputavam o profissional.

Jornal Midiamax