Geral

Dagoberto ratifica pré-candidatura a prefeito e quer vice do PT

O presidente regional do PDT e pré-candidato a prefeito de Campo Grande, Dagoberto Nogueira, garantiu nesta quarta-feira (07) que a legenda continua com o projeto político de disputar a sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) nas eleições municipais deste ano. Ele revelou ainda intenção de convencer o PT a indicar seu vice. Em discurso na […]

Arquivo Publicado em 07/03/2012, às 16h20

None

O presidente regional do PDT e pré-candidato a prefeito de Campo Grande, Dagoberto Nogueira, garantiu nesta quarta-feira (07) que a legenda continua com o projeto político de disputar a sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) nas eleições municipais deste ano. Ele revelou ainda intenção de convencer o PT a indicar seu vice.


Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Felipe Orro (PDT) manifestou preocupação com o destino do partido na Capital. Rumores indicam que o temor nasceu por conta da presença do vereador Paulo Pedra (PDT) no evento que oficializou a pré-candidatura a prefeito de Edson Giroto (PMDB). A presença teria criado clima de insegurança dentro do PDT. Militantes da legenda teriam obrado de Orro uma posição do partido sobre a continuidade do projeto de disputar a Prefeitura de Campo Grande. 


Segundo Dagoberto, o PDT está em processo de diálogo com outros partidos visando agregar tempo na propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Neste contexto, de acordo com ele, o candidato a vice da chapa poderia ser indicado pelo PT. “Esperamos que o PT reveja sua posição e indique o vice”, disse. Ainda ontem, o deputado federal Vander Loubet (PT) avisou não abrir mão de sua pré-candidatura a prefeito.


O PP é outro partido que mantém diálogo com os pedetistas. O deputado estadual Alcides Bernal luta para conquistar o apoio da legenda à sua pré-candidatura. A princípio, no entanto, Dagoberto não pensa em ser vice. 

Jornal Midiamax