Geral

Cristãos da Síria rezam pela paz na missa de Natal

Cristãos sírios rezavam pela paz e pelo fim da guerra civil na noite desta segunda-feira, após 21 meses de conflito na Síria, em uma missa de Natal na igreja católica de Notre Dame, no bairro Qoussour de Damasco. “Desejamos que a segurança e a paz sejam restabelecidas e que o sorriso volte aos rostos de […]

Arquivo Publicado em 25/12/2012, às 01h46

None

Cristãos sírios rezavam pela paz e pelo fim da guerra civil na noite desta segunda-feira, após 21 meses de conflito na Síria, em uma missa de Natal na igreja católica de Notre Dame, no bairro Qoussour de Damasco.



“Desejamos que a segurança e a paz sejam restabelecidas e que o sorriso volte aos rostos de todas as crianças”, afirmou Heba Chaoui, 24 anos, uma das fiéis na igreja de Notre Dame.



Ao menos mil católicos foram à igreja no bairro de Qoussour para a missa de Natal, tradicionalmente celebrada à meia-noite mas que este ano foi antecipada para às 18H00 local por razão de segurança.



“Este ano temos uma pequena árvore de Natal e a festa vai se resumir à missa. A festa será triste, mas vamos agradecer a Deus apesar de tudo”, disse Ryad Ghanem, um securitário de 45 anos, acompanhado da mulher e das duas filhas, de 12 e 15 anos.



Hassan Khoury, 51 anos, que trabalha na Notre Dame, confirmou que “nos anos passados o Natal era uma festa, mas neste ano não há alegria”.



“Não podemos fazer festa quando a morte está presente por todo o país”, mas “rezar é indispensável para que possamos sair da crise que atravessamos”.



Jeannette, 65 anos, uma elegante senhora, foi à igreja de Notre Dame para “rezar ao Senhor por uma solução para a Síria”, onde os cristãos representam 5% da população.



Com mais de 1,8 milhão de membros, a comunidade cristã tem se mantido, no geral, à margem da revolta popular deflagrada em março de 2011 no rastro da chamada “Primavera Árabe”, mas sua hierarquia apoia o regime de Bashar al-Assad.


Jornal Midiamax