Geral

Crime organizado será combatido simultaneamente em 11 estados fronteiriços

Teve início nesta quinta-feira (13) a operação simultânea realizada nos 11 Estados fronteiros do País – Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O objetivo é combater simultaneamente o crime organizado e o tráfico de drogas nos estados. Em Mato Grosso do […]

Arquivo Publicado em 13/12/2012, às 21h51

None
918732702.jpg

Teve início nesta quinta-feira (13) a operação simultânea realizada nos 11 Estados fronteiros do País – Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O objetivo é combater simultaneamente o crime organizado e o tráfico de drogas nos estados. Em Mato Grosso do Sul a operação é coordenada pelo Gabinete de Gestão Interada de Fronteira (GGIF), abrangendo os polos de Corumbá, Ponta Porã, Naviraí e Jardim. A ação será realizada em toda a extensão da faixa de fronteira do Estado.



A operação tem a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Departamento de Operações de Fronteira, Perícia Criminal, Corpo de Bombeiros, Força Nacional, Receita Federal, Polícia Federal Polícia Rodoviária Federal, Marinha e Exército brasileiros.



Segundo o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, a operação é uma recomendação da Secretaria Nacional de Segurança Pública e integra a Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron). “Nosso objetivo é intensificar as ações policiais e integração dos órgãos para o enfrentamento da violência e criminalidade nos municípios fronteiriços”, relata.



Para o secretário executivo do GGIF, coronel Valter Godoy Rojas, as ações coordenadas pelo gabinete têm contribuído para o fortalecimento da integração entre os órgãos nacionais, e também com as autoridades policiais do Paraguai e Bolívia. “No Estado o GGIF atua com quatro polos estrategicamente instalados e as oito ações já realizadas apresentaram resultados significativos, além de favorecer cooperação e troca de informações”, ressaltou.



Balanço



Desde sua implantação em Mato Grosso do Sul o Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira já articulou oito operações na faixa de fronteira. As operações resultaram no cumprimento de 106 mandados de busca e apreensão, 56 prisões em flagrante delito e mais de cinco toneladas de drogas foram apreendidas.


Jornal Midiamax