Geral

CRF/MS recolherá medicamentos vencidos durante Campanha da Fraternidade

Uma grande preocupação estabelecida mundialmente é o destino adequado dos resíduos gerados em saúde e quando se fala em medicamentos vendidos, os riscos são ainda maiores, 80% deles se encontram nas residências e podem ser interpretados como uma arma contra a população e também ao Meio Ambiente. O Brasil é o país com o maior […]

Arquivo Publicado em 13/04/2012, às 14h59

None

Uma grande preocupação estabelecida mundialmente é o destino adequado dos resíduos gerados em saúde e quando se fala em medicamentos vendidos, os riscos são ainda maiores, 80% deles se encontram nas residências e podem ser interpretados como uma arma contra a população e também ao Meio Ambiente. O Brasil é o país com o maior índice de intoxicação por medicamentos, superando agrotóxicos e animais peçonhentos.

De olho neste cenário, o CRF/MS (Conselho Regional de Farmácia) do Estado de Mato Grosso do Sul tem trabalhado para dar à população a destinação ecologicamente correta dos medicamentos vencidos, que muitas vezes são descartados no lixo comum, ou ainda pela pia da cozinha e vaso sanitário. Em 2010, por indicação de Ronaldo Abrão, a Câmara Municipal de Campo Grande aprovou a Lei Complementar nº 168/10, sobre a implantação de pontos de entrega voluntária de medicamentos vencidos e instituição da política de informação sobre os riscos ambientais causados pelo descarte incorreto desses resíduos.

“Esses produtos estão dentro das nossas casas como uma arma esperando para que a gente jogue fora, atinja a água e volte para o nosso organismo”, destaca o presidente licenciado do CRF/MS, Ronaldo Abrão.

Isso acontece porque não há tratamento de água que retire estes produtos que acabam chegando intactos às residências cada vez se abrem as torneiras, delas saem além da água e sais minerais, antibióticos, hormônios, antiinflamatórios além de agrotóxicos e demais produtos químicos.

Buscando orientar a população, o CRF/MS em parceria com a Oxinal Ambiental, empresa recém instalada em Mato Grosso do Sul e especializada em incineração de lixo hospitalar, vai recolher neste domingo (15), os medicamentos vencidos e dar a eles a destinação ecologicamente correta. A ação faz parte do projeto “Promover Saúde é Promover Vida”, da Campanha da Fraternidade 2012.

Durante o evento, além do descarte, o CRF/MS realizará aferição de pressão e dosagem de glicemia capilar e também vai orientar o público dos riscos dos medicamentos com a palestra “Medicamentos vencidos: uma arma contra o cidadão e um risco ao Meio Ambiente”, ministrada por Ronaldo Abrão.

Serviço

O projeto “Promover Saúde é Promover Vida” da Campanha da Fraternidade será realizado neste domingo (15), das 8h às 18h, nos altos da avenida Afonso Pena, em Campo Grande. A palestra “Medicamentos vencidos: uma arma contra o cidadão e um risco ao Meio Ambiente”, acontece às 13h30, na tenda n°3.

Jornal Midiamax