Geral

Corinthians negocia com a Fifa e empurra colete verde dos reservas para o Chelsea

O Corinthians negociou com a Fifa e conseguiu trocar o colete de reservas para a final do Mundial de Clubes, domingo, às 8h30 (horário de Brasília), em Yokohama. O jaleco destinado à equipe paulista era verde, enquanto o Chelsea ficaria com a cor roxa. Após uma conversa com a entidade, no entanto, o clube evitou […]

Arquivo Publicado em 15/12/2012, às 18h42

None

O Corinthians negociou com a Fifa e conseguiu trocar o colete de reservas para a final do Mundial de Clubes, domingo, às 8h30 (horário de Brasília), em Yokohama. O jaleco destinado à equipe paulista era verde, enquanto o Chelsea ficaria com a cor roxa. Após uma conversa com a entidade, no entanto, o clube evitou a situação. O problema para a equipe brasileira é que o verde é a cor do arquirrival Palmeiras.



A Fifa não se opôs ao pedido dos paulistas, mas mesmo assim o Corinthians consultou os ingleses. O Chelsea entendeu a situação dos brasileiros e chegou a dizer, neste contato, que faria o mesmo caso tivesse de usar um colete vermelho, citando a rivalidade com o Manchester United.



“Eu estava assistindo a um workshop sobre a final de Corinthians e Chelsea quando foi apresentado o colete que o Corinthians usaria. Assim que terminou o evento, eu consultei a Fifa, expliquei os motivos e houve um entendimento tranquilo. O Chelsea usa verde no uniforme reserva e também aceitou naturalmente, até porque trocaríamos com eles caso o colete deles fosse vermelho”, explicou o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar.



Não é a primeira vez que o Corinthians se vê envolvido indiretamente com o Palmeiras neste Mundial. A diretoria alvinegra mandou email à Fifa no começo da competição rejeitando o selo da entidade no uniforme, que é na cor verde.



A entidade, na ocasião, rejeitou o pedido do Corinthians, que acabou enfrentando o Al Ahly com o selo verde na camiseta.


Jornal Midiamax