Geral

Contemplado no Minha Casa, Minha Vida, jovem diz que vai oficializar união

Cerca de 200 famílias receberam nesta segunda-feira (23) as chaves do apartamento do Residencial Atílio Toniazzo, localizado no bairro Coronel Antonino

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 15h22

None

Cerca de 200 famílias receberam nesta segunda-feira (23) as chaves do apartamento do Residencial Atílio Toniazzo, localizado no bairro Coronel Antonino

Mal cabendo em si de tanta felicidade, o jovem Diogo Rosa Barreto, 23 anos, disse que agora casa com a companheira Hanna Flávia Simões Pereira, 18 anos. Ele vive com Hanna há um ano e meio e disse que só faltava a casa para oficializar a união. “Nossa, estou muito feliz. Esta é a minha primeira casa, isso é muito importante para mim. Agora vou casar no cartório, na igreja, vou oficializar tudo”, diz.


Assim como ele, 176 famílias receberam nesta segunda-feira (23) as chaves do apartamento do Residencial Atílio Toniazzo, localizado no bairro Coronel Antonino. Cada apartamento tem 42,07 m² distribuídos em hall, sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço. O local já tem toda a infraestrutura organizada como: água tratada, esgoto, drenagem, iluminação pública e pavimentação.


O empreendimento que faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida recebeu investimentos de R$ 7,7 milhões. A parceria se dá por meio da prefeitura de Campo Grande, Governo do Estado do Mato Grosso do Sul e Governo Federal.


O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), que entregou as chaves ao casal, disse que por onde ele passa as pessoas pedem casa, pois este é o sonho de todo cidadão, e somente, graças a parceria entre os governos e a Caixa Econômica é possível fechar esse círculo e fazer com que o déficit habitacional diminua.


Trad ainda ressaltou o nome dado ao residencial – Atílio Toniazzo – e lembrou o grande homem que Toniazzo foi dizendo: o nome que vocês emprestam para ficar na eternidade com certeza será cultivado por quem recebe esta casa.


Minha Casa Minha Vida


O Programa Minha Casa, Minha Vida foi criado em abril de 2009 e de lá para cá mais de 27 mil unidades habitacionais foram construídas em Mato Grosso do Sul, totalizando investimento de mais de R$ 1,7 bilhão.


Do total de casas edificadas, 9,583 foram destinadas as famílias com renda de R$ 1,6 mil. A mesma faixa que está sendo beneficiada hoje.

Jornal Midiamax