Geral

Consulta de itinerário do transporte coletivo poderá ser feita pelo celular a partir de hoje

O sistema municipal de transporte coletivo passa a contar com mais um item que agrega modernização ao setor. Em solenidade marcada para as 14h30, na sede do Ismac (Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas), será lançada a plataforma com serviços de acessibilidade, utilizando dispositivos móveis (smartphones e tablets), para os deficientes visuais, que com seu […]

Arquivo Publicado em 30/08/2012, às 11h40

None

O sistema municipal de transporte coletivo passa a contar com mais um item que agrega modernização ao setor. Em solenidade marcada para as 14h30, na sede do Ismac (Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas), será lançada a plataforma com serviços de acessibilidade, utilizando dispositivos móveis (smartphones e tablets), para os deficientes visuais, que com seu próprio celular terão mais facilidade para utilizar o transporte público.


Especificamente sobre o transporte público, o aplicativo terá como função auxiliar o deficiente visual para saber o horário da linha de ônibus que pretende utilizar, o ponto mais próximo, conforme sua localização, a rota que ele deve seguir para chegar ao ponto, como ir até um determinado local (casa de amigos, escolas, universidades) e qual linha de ônibus pegar para o deslocamento que deseja fazer.


Além isso, o aplicativo também terá a função do embarque especial, ou seja, o deficiente visual, estando no ponto ou próximo a ele, poderá solicitar o embarque e o motorista do ônibus será alertado que em determinado ponto haverá um deficiente visual, ou seja, um embarque especial. O embarque especial também poderá ser utilizado por cadeirantes. Toda a comunicação é feita através de comandos de voz.


A base para essa plataforma de recursos/aplicativos voltados para a acessibilidade está baseada em um setor específico da empresa G2I, junto ao Ismac, para desenvolvimento de aplicações e utilização de conceitos computacionais voltados para a acessibilidade.

Jornal Midiamax