Geral

Conselho vota novo calendário letivo da UFGD

A Câmara de Ensino da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) elaborou um novo calendário baseado nas aulas ‘perdidas’ durante o período de greve, que será discutido e votado nesta terça-feira pelo Cepec (Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura) da instituição. Segundo a pró-reitora Giselle Cristina Martins Real, o calendário leva em conta, principalmente, […]

Arquivo Publicado em 18/09/2012, às 10h34

None
1936574250.jpg

A Câmara de Ensino da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) elaborou um novo calendário baseado nas aulas ‘perdidas’ durante o período de greve, que será discutido e votado nesta terça-feira pelo Cepec (Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura) da instituição.


Segundo a pró-reitora Giselle Cristina Martins Real, o calendário leva em conta, principalmente, o desgaste que alunos e professores possam sofrer, bem como o baixo aproveitamento disciplinar, em decorrência do acúmulo da carga horária ocasionado após os mais de cem dias de paralisação.


“Tomamos muito cuidado para que houvesse alguns recessos nesse novo planejamento. Tudo para que docentes e acadêmicos tenham um bom aproveitamento, pois sabemos que a sobrecarga nos trabalhos tem impacto negativo no rendimento. Se tudo der certo, o ano letivo de 2012 será concluído em maio do ano que vem”, explicou.


Ainda de acordo com Giselle, existe a possibilidade que o projeto não seja aprovado pelo Cepec ou passe por reformulações. “O conselho é composto alunos professores e técnicos que podem ter uma visão diferente. O importante é que as aulas sejam retomadas o quanto antes”, destacou.

Jornal Midiamax