Geral

Confiantes no título, corintianos lotam a Pavilhão 9 em Campo Grande

Cerca de 300 corintianos assitem a final do Campeonato Mundial Interclubes.

Arquivo Publicado em 16/12/2012, às 11h17

None
219691197.jpg

Cerca de 300 corintianos assitem a final do Campeonato Mundial Interclubes.

A sede da torcida Pavilhão 9 recebe, aproximadamente, 300 corinthianos confiantes na vitória na final do Campeonato Mundial Interclubes na manhã deste domingo (16) . Entre os torcedores o clima é de confiança no título, com otimistas que acreditam em um placar elástico e torcedores mais contidos, que desejam a vitória, independentemente do placar.

O presidente da Pavilhão 9, Tom de Almeida, relata que toda a “nação corintiana” está feliz na final. Porém, faz uma ressalva, dizendo que o Mundial Interclubes não se compara ao título da Taça Libertadores da América, que segundo ele, estava engasgado na garganta de todos os corintianos. “É muita emoção. Mas, nem o título do mundial ofusca a Libertadores. Pode ser contra o Chelcea ou Osasco. A emoção é a mesma”, descreveu.

Rodrigo Benevidas, 33 anos, fez questão de assistir o jogo com a torcida do Corinthians. Ele conta que sempre acompanha o time e durante a Libertadores chegou a ir para São Paulo acompanhar jogos. Benevidas também lembra da importância da Libertadores, recordando que o time paulista já ganhou o título mundial em 2000. Confiante, o torcedor acredita em goleada. “Vai ser 3 a 0”.

O corintiano Valmir Silveira Gomes, 49 anos, levou o filho Joaquim Silveira Gomes, 4 anos, para acompanhar o jogo. Ele diz que é corintiano desde pequeno e a paixão está no sangue. “Passa de pai para filho. Eu sou desde pequeno e meu filho também. Ser corintiano está no sangue. Eu acredito que o título vem. Pode ser de um, dois ou três, o quanto vier. O que importa é o título”, explicou.

Depois do jogo, independente do resultado, os corintianos farão um almoço de confraternização. A Pavilhão 9 está localizada na rua 14 de Julho, entre a Fernando Corrêa da Costa e a rua 26 de Agosto. Corinthians e Chelcea se enfrentam no Japão. O primeiro tempo do jogo terminou 0 a 0.

Jornal Midiamax