Geral

Com 33 anos de história Fetems comemora luta pela educação pública

No sábado (3), a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul) comemora os seus 33 anos. Nesta data a diretoria da entidade ressalta que a luta por uma educação pública de qualidade para Mato Grosso do Sul continua sempre. Segundo o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli Cesar, este aniversário da […]

Arquivo Publicado em 02/03/2012, às 22h49

None

No sábado (3), a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul) comemora os seus 33 anos. Nesta data a diretoria da entidade ressalta que a luta por uma educação pública de qualidade para Mato Grosso do Sul continua sempre.


Segundo o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli Cesar, este aniversário da FETEMS marca lutas importantes como a mobilização para a Greve Nacional dos próximos dias 14, 15 e 16, além do debate de questões como o reajuste de 22% do PSN (Piso Salarial Nacional). “A nossa certeza nestes 33 anos de FETEMS é de que a luta nunca acaba. Estamos comemorando o aniversário da Federação em um mês de luta para os trabalhadores em educação do Brasil, então esta data se torna ainda mais importante, pois ressaltaremos a importância do maior sindicato de MS nas ruas de Campo Grande e dos municípios do interior lutando por melhorias na educação pública do nosso Estado”, afirma.


Sobre as conquistas da Federação nestes anos, Roberto ressaltou que são muitas e que ao longo do tempo a luta sofre mudanças que podem ser vistas nas bandeiras de luta dessa Greve Nacional. “Das grandes conquistas da Federação podemos ressaltar o salário que recebemos atualmente e o fato do pagamento ser feito em uma data fixa, questões que foram bandeiras de grandes mobilizações dos trabalhadores em educação de MS. Sabemos que ao longo dos anos a luta sofre mudanças e nós podemos ver isso nesta Greve Nacional, anteriormente lutávamos apenas por um salário mais digo, hoje estamos nos mobilizando para conquistar além de mais recursos para a educação pública, a nossa valorização profissional através de direitos como 1/3 de hora-atividade para o planejamento de aulas”, disse.


A Fetems, filiada a CUT (Central única dos Trabalhadores) e a CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), é a maior entidade sindical do Mato Grosso do Sul, possui 71 SIMTEDS (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) filiados, representa os professores e administrativos em educação de praticamente todos os municípios do Estado, são mais de 25 mil filiados.


Atualmente a entidade se destaca não só pela sua luta sindical, como pela estrutura que oferece aos seus filiados, possui a Casa do Trabalhador que abriga trabalhadores em Educação que vão até à capital para os cursos de formação, assembleias e tratamentos de saúde, com 40 apartamentos, além de um ônibus da saúde que transporta os trabalhadores para os tratamentos em Campo Grande e a sua sede própria que conta com um auditório que comporta mais de 400 pessoas e salas individuais para reuniões.

Jornal Midiamax