Geral

Colombiano recebe carinho de Federer após feito de ganhar 3º set do ‘rei da grama’ em Wimbledon

Poucos jogadores em atividade no circuito profissional de tênis podem se vangloriar da façanha da ter ganhado um único set de Roger Federer na grama sagrada de Wimbledon, na superfície que tem o suíço como uma espécie de rei. Neste sábado o colombiano Alejandro Falla foi eliminado pelo número 1 do mundo na primeira rodada […]

Arquivo Publicado em 28/07/2012, às 17h25

None

Poucos jogadores em atividade no circuito profissional de tênis podem se vangloriar da façanha da ter ganhado um único set de Roger Federer na grama sagrada de Wimbledon, na superfície que tem o suíço como uma espécie de rei. Neste sábado o colombiano Alejandro Falla foi eliminado pelo número 1 do mundo na primeira rodada da Olimpíada, mas saiu com o prêmio de consolação: o terceiro triunfo em sets contra o famoso rival na quadra em questão.

Falla foi batido na tarde deste sábado por 2 a 1 (parciais de 6-3, 5-7 e 6-3) e pela segunda vez na vida fez o jogador mais vitorioso da história do tênis sofrer na grama de Wimbledon, onde mais se sente à vontade na carreira.

Federer estreia com vitoria

Antes do duelo válido pelo torneio olímpico, o colombiano já havia enfrentado Federer em Wimbledon em duas outras ocasiões, em partidas do Grand Slam britânico. Em 2004 foi massacrado por 3 a 0, ganhando apenas três games. Mas em 2010 o sul-americano conseguiu a façanha de vencer dois sets do suíço logo de cara, mas acabou perdendo de virada por 3 a 2.

Sete vezes campeão em Wimbledon, Federer reconheceu o mérito do colombiano ao final da partida deste sábado e deu um longo abraço no adversário derrotado. Falla relata que durante o gesto carinhoso recebeu palavras de incentivo do melhor do mundo.

“Ele me felicitou pela vitória no segundo set e me desejou sorte para a sequência do circuito. Não é fácil perder assim, foi um jogo equilibrado para ambos, mas ele se deu melhor nas bolas importantes”, comentou o colombiano, 51º do mundo.

“Sabia que seria um jogo difícil e que precisava jogar bem para ter oportunidades. Fiz isso, mas não foi o suficiente”, acrescentou.

Jornal Midiamax