Geral

Colisão entre veículos mata agente funerário na MS-160 em Tacuru

Um grave acidente ocorrido no início da manhã dessa sexta-feira (7), na rodovia MS-160, trecho que liga Tacuru a Sete Quedas, matou um agente funerário de 40 anos, morador em Tacuru. Marcos José Mendes, o “Marquinhos” como também era conhecido, conduzia um veículo Santana Quantun cor prata, equipado para serviços funerários pertencente a Inter Pax […]

Arquivo Publicado em 07/12/2012, às 12h28

None
905975943.bmp

Um grave acidente ocorrido no início da manhã dessa sexta-feira (7), na rodovia MS-160, trecho que liga Tacuru a Sete Quedas, matou um agente funerário de 40 anos, morador em Tacuru.


Marcos José Mendes, o “Marquinhos” como também era conhecido, conduzia um veículo Santana Quantun cor prata, equipado para serviços funerários pertencente a Inter Pax empresa que trabalhava, no sentido Tacuru a Sete Quedas da via, quando o carro sofreu um desvio de direção e se chocou frontalmente com um caminhão Mercedes Benz, cor verde, que se deslocava pela rodovia no sentido oposto.


Com a violência do impacto o caminhão teve a suspensão dianteira arrancada e o Santana também teve a parte dianteira totalmente destruída.


O condutor do Santana, que viajava sozinho, teria ficado preso nas ferragens e como a unidade do Corpo de Bombeiros mais próxima fica em Amambai, a mais de 100 quilômetro de distância, policiais militares de Sete Quedas, com apoio de populares, conseguiram realizar o resgate de Marquinhos, que, devido a gravidade dos ferimentos, acabou morrendo a caminho de um hospital na cidade de Tacuru, onde residia.


O motorista do caminhão, Edson Ruiz Freitas, de 24 anos, morador em Maracajú, não se feriu, segundo a Polícia Militar de Sete Quedas que esteve no local do acidente oferecendo apoio até a chegada de uma equipe da PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) da base operacional de Amambai, para realizar os levantamentos de praxe e registrar a ocorrência.


Um laudo técnico deverá apontar, nos próximos dias, as causas do acidente, mas as suspeitas, segundo a polícia, é que Marcos tenha dormido na direção.


Como o acidente aconteceu em um trecho da rodovia estadual que corta o município de Tacuru, o inquérito policial que irá apurar as causas do acidente deverá ser presidido pela Polícia Civil de Tacuru.

Jornal Midiamax