Geral

Classe C representará 58,3% da população brasileiro em 2014, diz pesquisa

Nos próximos três anos, a classe C será responsável por uma fatia de 58,3% da população brasileira. Hoje, essa camada possui 53,9% da população. Este crescimento engloba parte da classe D, que diminuirá dos atuais 31,1% para 26,8% em 2014, informou uma pesquisa dilvulgada pelo Data Popular nesta segunda-feira. O consumo da classe D também […]

Arquivo Publicado em 11/06/2012, às 18h22

None

Nos próximos três anos, a classe C será responsável por uma fatia de 58,3% da população brasileira. Hoje, essa camada possui 53,9% da população. Este crescimento engloba parte da classe D, que diminuirá dos atuais 31,1% para 26,8% em 2014, informou uma pesquisa dilvulgada pelo Data Popular nesta segunda-feira.


O consumo da classe D também foi destaque neste ano, quando somou R$ 363,3 bilhões, montante aproximado ao Produto Interno Bruto (PIB) do Chile, por exemplo. “A Classe D já supera a Classe B em várias categorias de consumo. Na aquisição de eletroeletrônicos e eletrodomésticos há diferença de 25%. Acreditamos que a Classe D tem tudo para ser a nova classe C, mas com outros códigos a serem desvendados”, afirmou em nota Renato Meirelles, sócio diretor do Data Popular.


A pesquisa também mostrou que a classe E irá passar de 3,8% da população em 2011 para 2,9% em três anos. A classe A passará de 3,2% para 3,3% e a B irá representar 8,7% da população, acima dos 8% atuais.


Para o Data Popular, a classe A possui renda domiciliar média de R$ 14.561; a classe B tem renda de média de R$ 6.275; classe C: R$ 2,341; classe D: R$ 952 e classe E possui renda média de R$ 273.

Jornal Midiamax