Geral

Claro, Vivo, Oi e TIM vencem leilão da tecnologia 4G no Brasil

As operadoras Vivo, Claro, Oi e TIM foram as escolhidas para oferecer o serviço de Internet móvel 4G no Brasil. As empresas, com ofertas de R$1,05 bilhão, R$630,191 milhões, R$340 milhões e R$330,851 milhões, respectivamente, venceram o leilão feito hoje (12/06) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Na ocasião, também foi oferecida a faixa de […]

Arquivo Publicado em 12/06/2012, às 17h36

None

As operadoras Vivo, Claro, Oi e TIM foram as escolhidas para oferecer o serviço de Internet móvel 4G no Brasil. As empresas, com ofertas de R$1,05 bilhão, R$630,191 milhões, R$340 milhões e R$330,851 milhões, respectivamente, venceram o leilão feito hoje (12/06) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).


Na ocasião, também foi oferecida a faixa de 450MHz, destinada à telefonia móvel rural. Como não houve oferta para essa frequência, as quatro operadoras que venceram o leilão do 4G também fica obrigadas a fazer investimentos para esse segmento.


A banda larga 4G começou em 2006, na Coreia do Sul, e permite downloads de 100Mbps através de dispositivos móveis. A velocidade é, em média, 20 vezes maior que a das conexões 3G, mas esse aspecto varia de acordo com a estrutura da rede e do número de usuários que compartilham o sinal em um determinado momento.


No Brasil, estima-se que a velocidade deva ser 10 vezes superior à do 3G. No edital do leilão de 4G, porém, a Anatel não definiu quais as velocidades de acesso que as operadoras devem oferecer na frequência leiloada, de 2,5Ghz. Já na faixa de 450MHz, as prestadoras deverão oferecer acesso à Internet com taxas de transmissão de, no mínimo, 256Kbps de download e 128Kbps de upload.


Além dos lotes nacionais e da telefonia rural, a Anatel também leiloa 268 lotes de faixas de frequência para operações regionais. Esses resultados, por enquanto, ainda não foram divulgados.



Jornal Midiamax