Geral

Cientistas descobrem droga que pode ajudar na cura do Alzheimer

Cientistas de uma clínica em Ohio, nos Estados Unidos, acreditam ter descoberto um tratamento que pode inverter os efeitos do Mal de Alzheimer. Durante os testes em um medicamento para tratar de dores neurológicas em pacientes de quimioterapia, a equipe se deparou com um composto chamado MDA7 que pode ser a chave para a cura […]

Arquivo Publicado em 03/09/2012, às 17h13

None

Cientistas de uma clínica em Ohio, nos Estados Unidos, acreditam ter descoberto um tratamento que pode inverter os efeitos do Mal de Alzheimer. Durante os testes em um medicamento para tratar de dores neurológicas em pacientes de quimioterapia, a equipe se deparou com um composto chamado MDA7 que pode ser a chave para a cura da doença.


Segundo o jornal britânico Daily Mail, exames em ratos de laboratório mostraram que o composto tinha propriedades anti-inflamatórias e que estas interagiam com receptores do cérebro que estão conectados com o Alzheimer. O tratamento não apenas limitou o desenvolvimento da doença, mas também reparou funções cognitivas incluindo memória e aprendizado.


“Muitos estudos ainda precisam ser feitos, mas existe um grande potencial”, disse o autor da pesquisa, professor Mohamed Naguib. “O desenvolvimento desse composto como um medicamento para o Alzheimer levaria muitos anos, mas essa é uma descoberta promissora que vale a pena investigar”, afirmou.


Jornal Midiamax