Geral

Chávez oficializa candidatura com ato da militância na Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, oficializou nesta segunda-feira a candidatura às eleições no país, em outubro, com um ato de militantes do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), na capital Caracas. Chávez foi acompanhado de familiares e dirigentes do governo e de seu partido. Vestido com uma boina vermelha e com um conjunto esportivo […]

Arquivo Publicado em 11/06/2012, às 23h39

None

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, oficializou nesta segunda-feira a candidatura às eleições no país, em outubro, com um ato de militantes do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), na capital Caracas. Chávez foi acompanhado de familiares e dirigentes do governo e de seu partido.


Vestido com uma boina vermelha e com um conjunto esportivo com as cores do país, Chávez desfilou em um caminhão aberto com a frase “Chávez, coração da pátria”, do Palácio de Miraflores, sede do governo, até o Conselho Nacional Eleitoral (CNE), onde assinou a inscrição da candidatura, no último dia de postulações.


O presidente elogiou o papel da comissão eleitoral, afirmando que “nunca na história venezuelana tivemos um árbitro eleitoral do tamanho, da transparência, da qualidade e de compromisso” como o atual. Ele mostrou o documento de inscrição para os militantes que o acompanharam na praça Caracas, no centro da capital.


“Venho aqui cumprir a lei e me comprometo a reconhecer ante a Venezuela e o mundo o resultado das eleições presidenciais”, disse.


Chávez aproveitou a ocasião para mostrar sua proposta e dizer que representa “a maioria dos venezuelanos, a construção da pátria independente, livre e socialista”. O presidente foi acompanhado de seu irmão, Adán Chávez, das filhas Rosa Virginia e Rosinés e de membros do gabinete, como o vice-presidente, Elías Jaua.


Jornal Midiamax