Geral

Chávez assegura que vencerá eleições, mas não “confortavelmente”

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, insistiu nesta sexta-feira que vencerá as eleições de 7 de outubro frente ao candidato da oposição, Henrique Capriles, mas admitiu que provavelmente isso não acontecerá “confortavelmente”. “Nós, a esta altura, estamos ganhando as eleições. Eu não digo que confortavelmente, mas estamos ganhando. Aí estão as empresas sérias que calculam 15% […]

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 01h21

None

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, insistiu nesta sexta-feira que vencerá as eleições de 7 de outubro frente ao candidato da oposição, Henrique Capriles, mas admitiu que provavelmente isso não acontecerá “confortavelmente”.


“Nós, a esta altura, estamos ganhando as eleições. Eu não digo que confortavelmente, mas estamos ganhando. Aí estão as empresas sérias que calculam 15% ou 20%, mas eu busco mais”, disse o presidente em um ato com trabalhadores públicos.


Como já disse em ocasiões anteriores, o líder venezuelano ressaltou que seu objetivo é chegar “a dez milhões de votos”.


“Vamos rumo a 70% dos votos!”, exclamou.


Em discurso de pouco mais de duas horas, Chávez lançou uma chamada para conquistar “com maior intensidade a classe média, indecisa, confusa”, e também os “atemorizados e descontentes”.


A maioria das pesquisas indica que Chávez é favorito para vencer as eleições com vantagem entre 10 e 25 pontos frente a Capriles. No entanto, alguns estudos, como os das empresas Consultores 21 e Varianzas, calculam um empate técnico entre os dois candidatos.


Jornal Midiamax