Geral

Caso Yoki: defesa de Elize pede exumação de corpo de Marcos Matsunaga

A defesa de Elize Matsunaga, ré confessa pelo assassinato do marido Marcos, pediu a exumação do corpo do diretor da Yoki para saber a real causa de morte, ocorrida em maio deste ano. O promotor José Carlos Cosenzo afirma, no entanto, que ainda falta uma “manifestação” do Ministério Público sobre o tema. Elize Matsunaga iria […]

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 18h07

None

A defesa de Elize Matsunaga, ré confessa pelo assassinato do marido Marcos, pediu a exumação do corpo do diretor da Yoki para saber a real causa de morte, ocorrida em maio deste ano. O promotor José Carlos Cosenzo afirma, no entanto, que ainda falta uma “manifestação” do Ministério Público sobre o tema.



Elize Matsunaga iria falar nesta terça-feira (11) pela primeira vez à Justiça. Entretanto, ela só deve depor quando a amante do diretor da Yoki, Nathalia Vila Real, também prestar depoimento, o que só deve acontecer no final de janeiro.



O MP deve agora checar se é possível tecnicamente exumar o corpo e, se for viável, concordar. O promotor diz que acata o pedido, embora discorde dele por achar que o perito foi ouvido por cinco horas e “não há contrariedade” naquilo que apresentou. Segundo ele, a defesa quer excluir o meio cruel das agravantes e provar que houve fratura de crânio pelo tiro.


Jornal Midiamax