Geral

Casal que viaja pelo mundo de bicicleta passa por Coxim

Alessandro Alessandrine, de 36 anos é italiano e decidiu abandonar tudo na Europa para conhecer o novo mundo, e quando desembarcou no ano de 2009 em Buenos Aires capital da Argentina, não imaginou que seria tão divertido viajar por ai de bicicleta sem compromisso. Cozinheiro profissional e artista de rua, Alessandro comprou uma bicicleta e […]

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 12h22

None
966064056.jpg

Alessandro Alessandrine, de 36 anos é italiano e decidiu abandonar tudo na Europa para conhecer o novo mundo, e quando desembarcou no ano de 2009 em Buenos Aires capital da Argentina, não imaginou que seria tão divertido viajar por ai de bicicleta sem compromisso.


Cozinheiro profissional e artista de rua, Alessandro comprou uma bicicleta e realizou em novembro de 2009 sua primeira experiência sobre duas rodas. Ele pedalou de Buenos Aires à Patagônia e no final gostou tanto que decidiu conhecer a Argentina de bicicleta.


Dois anos depois, Alessandrine quis ir além e resolveu ir pedalando até o Chile, onde conheceu sua atual companheira Alejandra Saavedra, de 28 anos, chilena, escritora, diretora de teatro e atriz profissional.


Apaixonaram-se e venderam tudo o que tinham para sair por ai curtindo a vida e conhecendo os mais belos lugares da América Latina em cima de duas rodas. Alejandra deixou tudo para traz, alugou o apartamento e deixou uma Companhia de Teatro para poder viajar com Alessandro.


No dia 12 de novembro de 2011, o casal saiu do Norte do Chile com destino ao Norte da Argentina conheceram toda a região, pedalando aproximadamente 60 quilômetros por dia. Atravessaram o Deserto do Atacama e partiram para a Bolívia.


No dia 06 de agosto de 2012 entraram em terras brasileiras. As primeiras cidades do país que o casal conheceu foi Corumbá, Miranda e depois Bodoquena.


No município de Bonito ficaram moraram por três meses. Alessandro arrumou trabalho num restaurante como cozinheiro e juntos criaram um espaço cultural numa garagem de uma casa.


Pensaram até em fixar residência na cidade, mas a vontade de explorar e conhecer outros lugares era tanta que eles pegaram a estrada novamente e vieram rumo a região Norte do nosso Estado.


Passaram por Rochedo, Corguinho, Rio Negro e Rio Verde até chegar na Terra do Pé-de-cedro, onde conheceram o também ciclista e aventureiro Zorildo de Souza, de 34 anos, mais conhecido como Zorro.


Foi na residência do senhor Denizar Cavalcante, de 52 anos, tio de Zorro que o Coxim Agora descobriu o casal de estrangeiros viajantes.


Alessandro, muito simpático, estava à beira do fogão preparando uma pizza de legumes e Alejandra muito prestativa, acompanhava o marido na cozinha. Foi num clima de amizade que eles falaram um pouco de sua rotina e suas trajetórias de vida nos últimos anos.


O jovem casal viaja esta semana com destino ao Parque das Emas (GO) em seguida Chapada Diamantina (BA) até chegarem à Venezuela, Colômbia, América Central e depois América do Norte.


Quando perguntamos qual foi à estrada mais difícil que eles passaram até o momento, ao mesmo tempo eles responderam que era o trajeto de Cocha Bamba à Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A estrada não possui pavimentação asfáltica e nem acostamento.


Perguntamos a eles também porque escolheram esse estilo de vida, Alejandra explicou que não gosta do sistema social existente e que preferem sair por ai conhecendo pessoas, lugares diferentes e vivendo da arte. Inclusive eles criaram uma peça de teatro, chamada “Vagamundo Azul”, onde uma princesa sonha em conhecer um príncipe e acaba conhecendo um viajante numa bicicleta.


A comédia começou a partir da ideia de que todos os contos de fadas possuem uma princesa e um príncipe e que sempre ambos são sempre perfeitos, possuem uma vida perfeita e a peça criada por eles quer mostrar que nem sempre tem que ser assim.


Para finalizar, perguntamos qual era o sonho do casal daqui pra frente, e eles responderam que o sonho era conhecer outros continentes como o Continente Asiático.

Jornal Midiamax