Geral

Casa pega fogo e proprietário fica ferido em Camapuã

Uma casa de madeira, localizada na rua Campo Grande, no Jardim dos Palmares, em frente a Creche Menino Jesus. O proprietário da casa é Sebastião Nogueira e a vítima foi seu filho Anderson F. Nogueira. A casa ficou totalmente destruída e ficava aos fundos de uma casa de alvenaria. No momento, na casa esta somente […]

Arquivo Publicado em 03/09/2012, às 12h56

None
1211037415.jpg

Uma casa de madeira, localizada na rua Campo Grande, no Jardim dos Palmares, em frente a Creche Menino Jesus. O proprietário da casa é Sebastião Nogueira e a vítima foi seu filho Anderson F. Nogueira.

A casa ficou totalmente destruída e ficava aos fundos de uma casa de alvenaria. No momento, na casa esta somente um jovem, filho dos proprietários e, segundo populares que ajudaram a retirá-lo do local, aparentemente ele tentou suicídio, já que estava muito ferido e com um pedaço de corda laçado no pescoço.
Nos destroços queimados, sequer foi possível identificar os tipos de móveis queimados. O certo é que não restou nada intacto. Um butijão de gás explodiu durante o incêndio, mas nenhum dos socorristasvoluntários se feriu.
Uma vizinha contou à reportagem que ouviu alguns gritos e quando saiu para fora viu que a casa aos fundos estava pegando fogo. Muita gente tentou apagar o fogo, entretanto, como a casa era de madeira, em pouco tempo ficou completamente destruída. Mas os vizinhos conseguiram resfriar as paredes das casas ao lado, o que impediu que o fogo se alastrasse mais.
O trabalho somente foi concluído após a chegada do caminhão pipa da Prefeitura, que gastou aproximadamente 6.000 litros de água. 
O jovem, única pessoa que estava na casa no momento, conseguiu sair arrastando do local, entretanto estava com bastante queimaduras pelo corpo e não conseguiu dar qualquer esclarecimento.
A Polícia Militar foi quem chegou logo após os vizinhos contactá-los. Foram os PMs que prestaram os primeiros socorros à vítima, até a ambulância municipal chegar e levar a mesma para o Hospital. 
O jovem, de nome Anderson, foi atendido pelo médico plantonista do Hospital de Camapuã, recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado para atendimento especializado em queimaduras em Campo Grande. Seu estado de saúde, como todos que sofrem queimaduras, é considerado grave. Segundo o Hospital, ele sofreu queimaduras de 1º e 3º graus.
A Polícia Civil vai investigar as causas do incêndio e da possível tentativa de suicídio do jovem.
Jornal Midiamax