Geral

Campanha pela redução na violência no trânsito fará adesivagem em veículos nas concessionárias

A entidade esclarece que a campanha visa reduzir os acidentes em um dos estados com o trânsito mais violento do país. Segundo Roberto Mosena, presidente da Fenabrave/MS, a entidade visa se associar aos órgãos governamentais de controle para aumentar a segurança no trânsito.

Arquivo Publicado em 18/10/2012, às 19h38

None
2130792472.jpg

A entidade esclarece que a campanha visa reduzir os acidentes em um dos estados com o trânsito mais violento do país. Segundo Roberto Mosena, presidente da Fenabrave/MS, a entidade visa se associar aos órgãos governamentais de controle para aumentar a segurança no trânsito.

O aumento da violência no trânsito sul-mato-grossense é a base para a campanha desenvolvida pela Fenabrave/MS (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com o tema “Ligados num Trânsito Mais Seguro”. A campanha passa a ser veiculada a partir desta quinta-feira nos meios de comunicação do Estado e promoverá a adesivagem de veículos como forma de divulgação.

Conforme a Fenabrave/MS, das 117 concessionárias de veículos que atuam no Mato Grosso do Sul, 103 fazem parte da entidade.

A campanha vai de encontro à década de ações para segurança no trânsito – 2011 e 2020 desenvolvida pela ONU (Organização das Nações Unidas), com vistas a diminuir o número de mortes em todo o mundo.

Dados

O Brasil é o 5º país do mundo em número de acidentes de trânsito, ficando atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos e Rússia.

Somente em 2012, entre janeiro e setembro, a Fenabrave/MS registrou a venda de 32.064 veículos no Mato Grosso do Sul. Um crescimento de 11,35% com relação ao mesmo período de 2011, e o dobro da média nacional, que atingiu 5,53%.

O Estado conta com uma frota de 400 mil veículos, uma média de aproximadamente um veículo para cada dois habitantes.

Em 2001, o MS era o 13º colocado no ranking nacional de violência no trânsito. De acordo com os dados de 2010, o Estado ocupa a 7ª colocação, ficando atrás de Roraima, Mato Grosso, Rondonia, Piauí e Santa Catarina.

Os municípios de Itaquiraí, Ribas do Rio Pardo e Nova Alvorada do Sul lideram a violência no trânsito sul-mato-grossense.

Segundo Roberto Mosena, presidente da Fenabrave/MS, a entidade visa se associar aos órgãos governamentais de controle para aumentar a segurança no trânsito. “O crescente aumento no número de acidentes na Capital nos influenciaram diretamente para que tomássemos esta iniciativa. Não podemos – como entidade que proporciona a venda dos veículos, deixarmos de agir para tornar o trânsito no MS mais seguro.”, comenta.

Para o diretor de motocicletas da Fenabrave/MS, Evaldo Lelis, a campanha demonstra o novo comportamento da entidade que não se atém apenas nas vendas e bons resultados para a indústria, mas também parte integrante dos resultados que o aumento da procura por veículos ocasiona junto a sociedade.

“A parceria junto aos órgãos de trânsito demonstra como a entidade está empenhada em diminuir o número de acidentes no trânsito de nossas cidades.”, avalia.

Seminário

No dia 29 de outubro, a Fenabrave/MS realiza o I Seminário de Segurança no Trânsito, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

O evento irá discutir soluções para o trânsito no Estado, um dos mais violentos do país.

O Seminário contará com a presença do deputado federal Hugo Leal (PSC/RJ), autor da Lei Seca e irá debater o assunto de forma a propor novas alternativas junto aos órgãos fiscalizadores.

Jornal Midiamax