Geral

Campanha “Contagie um amanhã melhor” finaliza primeira fase

Mais de 500 alunos participaram do último dia da campanha que superou as expectativas

Arquivo Publicado em 05/10/2012, às 18h25

None

Mais de 500 alunos participaram do último dia da campanha que superou as expectativas

No encerramento da primeira fase da campanha “Contagie um amanhã melhor” esta manhã, na quadra de esportes do Colégio Militar, os cerca de 500 jovens presentes, provaram o que já havia sido constatado nas demais escolas. A solidariedade também esteve presente. Centenas de pilhas de livros se aglomeraram na arquibancada.



Para a aluna do 3º ano do Colégio Militar, Mariana Dutra, a importância da campanha foi principalmente em trazer para as escolas essa iniciativa de solidariedade. “Achei muito interessante o incentivo de doar para quem precisa, principalmente porque muitas vezes as pessoas querem ajudar mas não sabem como.” Afirma a aluna.



Para o Major Dutra, responsável pela comunicação social do Colégio Militar, que acompanhou todo o show, o evento foi importante principalmente porque desperta o lado da solidariedade nos alunos. “A campanha é importante porque nós estamos formando cidadãos aqui e vale ressaltar que a ideia de trazer a banda para o colégio partiu dos próprios alunos, isso mostra o quanto eles estão interessados em ajudar.”



Do dia 3 de setembro até o dia 5 de outubro, a campanha “Contagie um amanhã melhor”, idealizada pela banda Brazo, passou por cerca de 15 escolas da capital arrecadando livros dos alunos para distribuí-las às bibliotecas das escolas públicas do estado. O Colégio militar foi o último a receber a campanha nesta primeira fase.



O gesto nobre em sintonia com a música, serviu para mostrar uma realidade: a conscientização dos jovens com idade entre 8 a 16 anos. Eles estão cada vez mais cedo abraçando causas sociais, fazendo a diferença. A prova é que vinte e cinco mil livros foram recebidos em pouco mais de um mês de projeto, ultrapassando a meta, que era de dez mil.



Essa motivação também foi exaltada pelo vocalista da banda, Ryan Alcova. “A maneira como as escolas nos receberam foi surpreendente, fomos bem recebidos, os alunos sempre mostraram interesse em participar e os professores elogiavam o projeto”. Ryan também fala sobre a importância dos shows em resgatar a energia e o valor cultural. “O objetivo das apresentações era trazer essa energia nos shows, e falar da importância da cidadania, é isso que a música deve transmitir: cultura e valores sociais”, complementou.



Eventos culturais com engajamento social provam com muita propriedade que é possível ter êxito. Neste sentido, a Editora Alvorada, realizadora do projeto, faz questão de apoiar, pois é a base do seu lema inspirado em soluções inovadoras para a educação. “A banda Brazo provou que a junção entre a música, que fala a língua dessa geração, em união com a conscientização e à cidadania, é a receita ideal de um evento social bem sucedido”, afirmou Gilnei Maciel, coordenador de Projetos da Editora Alvorada.



Entenda o projeto



Tendo como idealizadores os músicos da Banda Brazo, e como realizadores a Editora Alvorada, Blink 102 e o Guaraná Antarctica, foram pouco mais de um mês de campanha, abrangendo cerca de 15 escolas da Capital. O projeto terá continuidade nos próximos meses.



Ainda no início de outubro haverá a contagem dos livros e triagem dos materiais arrecadados. Posteriormente, será entregue em bibliotecas públicas de escolas, instituições e comunidades.



A cada livro compartilhado na campanha, o participante trocava por um cupom para concorrer a prêmios. Serão sorteados TV de Led, notebook, IPad 2, Nintendo Wii, tablet, óculos e relógios Chilli Beans. O primeiro sorteio com parte desses prêmios será realizado ao vivo hoje, dia 5, na rádio Blink 102. Será durante a apresentação da banda Brazo entre às 17h30 e 18h30.



As escolas que quiserem aderir a segunda etapa da campanha, assim como as bibliotecas interessadas em receber esta doação, podem entrar contato com a Editora Alvorada através do e-mail: [email protected] e colocar no assunto “Eu quero ajudar”.


Jornal Midiamax