Geral

Câmara é palco de debate sobre tráfego de ciclistas em Campo Grande

O Plenário “Edroim Reverdito”, na Câmara Municipal, nesta terça (17/04), durante Audiência Pública sobre o Plano Municipal de Ciclovias, foi palco de debates e entraves sobre questões relacionadas ao tráfego de ciclistas em Campo Grande (MS).   Representantes de diferentes segmentos da sociedade colocaram em pauta questões como a sinalização, acessibilidade, educação, interligaç...

Arquivo Publicado em 18/04/2012, às 17h46

None
O Plenário “Edroim Reverdito”, na Câmara Municipal, nesta terça (17/04), durante Audiência Pública sobre o Plano Municipal de Ciclovias, foi palco de debates e entraves sobre questões relacionadas ao tráfego de ciclistas em Campo Grande (MS).
Representantes de diferentes segmentos da sociedade colocaram em pauta questões como a sinalização, acessibilidade, educação, interligação de pontos estratégicos para a locomoção de ciclistas e segurança.
Segundo dados da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTRAN), sete ciclistas morreram no ano de 2011 e, apenas no primeiro trimestre de 2012, três pessoas já perderam a vida em acidentes desse tipo. Proporcionar a inclusão de ciclistas nas vias urbanas passa a ser uma questão de democratizar uma nova política que visa mais do que a necessidade de pessoas carentes, favorece também um estilo de vida sustentável que busca a segurança.
Para o vereador e vice-presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Câmara Municipal de Campo Grande, Athayde Nery (PPS), o primeiro passo para a inclusão do Plano Municipal de Ciclovias já foi dado. ”O fator mais importante na democracia é a inclusão institucional que estabelece o processo do diálogo”.
Jornal Midiamax