Geral

Câmara de Dourados realiza sessão extraordinária

Os vereadores de Dourados realizam nesta quinta-feira, dia 27 de dezembro e amanhã (28) duas sessões extraordinárias para discutir e votar cinco projetos de lei encaminhados pelo prefeito Murilo Zauith (PSB). As sessões acontecem a partir das 8 horas. Nos projetos, o Executivo pede o ressarcimento aos cofres do município das despesas com custeio e […]

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 11h47

None

Os vereadores de Dourados realizam nesta quinta-feira, dia 27 de dezembro e amanhã (28) duas sessões extraordinárias para discutir e votar cinco projetos de lei encaminhados pelo prefeito Murilo Zauith (PSB). As sessões acontecem a partir das 8 horas.


Nos projetos, o Executivo pede o ressarcimento aos cofres do município das despesas com custeio e manutenção da rede de iluminação pública e a mudanças na lei que regula a exploração do sistema de estacionamento rotativo da área central. Conforme o presidente da Câmara, vereador Idenor Machado (DEM), os demais três projetos tratam de vetos parciais a emendas apresentadas pelos vereadores ao projeto que estima despesas e fixa receitas ao município em 2013.


“A Câmara seguiu a risca o calendário previsto no regimento interno e limpou a pauta de votações antes do dia 20, data que se iniciou o recesso legislativo. No entanto, o prefeito sentiu a necessidade de apreciação de projetos de lei importantes e que precisam ser regulamentados ainda em 2012 para que no ano que vem já possam ser implementados. Por isso, convocou os vereadores para duas extraordinárias, que acontecerão nesta quinta e sexta-feira”, comentou Idenor.


RECESSO


O recesso legislativo começou no dia 19 de dezembro e vai até 31 de janeiro. Este ano, no entanto, a Câmara irá se reunir na manhã do dia 1º de janeiro para a sessão solene de posse do prefeito, vice-prefeito e vereadores eleitos em 7 de outubro e eleição da Mesa diretora para o biênio 2013/2014.


O presidente Idenor Machado avalia o ano de 2012 como bastante produtivo para o legislativo douradense. “Os números comprovam a intensa atuação dos vereadores. Encerramos o ano de cabeça erguida, com o sentimento de dever cumprido. Acredito que realizamos um trabalho coerente, mantendo postura crítica ao Executivo quando necessário, mas também nos colocando como parceiros da administração municipal para transformar as reivindicações da comunidade em realidade”, afirmou o presidente.

Jornal Midiamax