Geral

Caixa reduz taxas de administração de fundos de investimento e valor mínimo de aplicação

A Caixa Econômica Federal reduziu a taxa de administração de dois fundos de investimento. O banco também reduziu o valor mínimo de aplicação de diversos fundos e lançou modalidades de aplicação com aporte inicial de apenas R$ 10. Na categoria de fundos atrelados ao depósito interbancário (DI), a taxa de administração do Caixa FIC Beta […]

Arquivo Publicado em 26/04/2012, às 21h55

None

A Caixa Econômica Federal reduziu a taxa de administração de dois fundos de investimento. O banco também reduziu o valor mínimo de aplicação de diversos fundos e lançou modalidades de aplicação com aporte inicial de apenas R$ 10.


Na categoria de fundos atrelados ao depósito interbancário (DI), a taxa de administração do Caixa FIC Beta DI foi reduzida de 2% para 1,5% ao ano. A taxa do fundo Caixa FIC Pleno DI passou de 1,2% para 1% ao ano. Esses dois fundos tiveram a aplicação inicial mínima reduzida pela metade: de R$ 100 para R$ 50 e de R$ 5 mil para R$ 2,5 mil, respectivamente.


A Caixa reduziu ainda, para R$ 50, a aplicação inicial mínima de dois fundos de renda fixa: Caixa FIC Ideal RF e Caixa FIC Soberano RF. O valor anterior, de cada um, respectivamente, era R$ 2 mil e R$ 3 mil.


O banco anunciou também o lançamento de dois fundos com aporte inicial de apenas R$ 10. O Caixa FIC Geração Jovem RF Crédito Privado LP terá taxa de administração de 1,3% ao ano. Para o Caixa FI Ações Consumo, que aplicará os recursos em ações de empresas ligadas ao setor de consumo, a taxa será 1,6% ao ano. De acordo com a Caixa, esses produtos são voltados para jovens investidores.


Em comunicado, a Caixa informou que o baixo valor da aplicação ampliará o acesso ao trabalhador e ao empresário da nova classe média ao mercado de ações. Isso porque parte do dinheiro aplicado nos fundos é investido nas bolsas de valores. De acordo com o banco, a expectativa é captar mais de R$ 500 milhões com esses dois fundos, até o fim do ano.


A iniciativa dá continuidade à redução de taxas de administração anunciada na última sexta-feira (20). Nos últimos dias, o banco também lançou produtos, com condições diferenciadas, para clientes com conta-salário na instituição e diminuiu os juros das linhas de crédito.


Jornal Midiamax