Geral

Caixa diz que redução de taxas de juros será ação contínua

A redução de juros anunciada pela Caixa Econômica Federal é permanente, segundo o vice-presidente de Pessoa Física do banco, Fábio Lenza. “É uma ação contínua. Não é uma promoção”, disse. De acordo com ele, a Caixa sempre fará estudos de custos, questões operacionais e nível de inadimplência para avaliar reduções de taxas. Hoje, no lançamento […]

Arquivo Publicado em 25/04/2012, às 12h35

None

A redução de juros anunciada pela Caixa Econômica Federal é permanente, segundo o vice-presidente de Pessoa Física do banco, Fábio Lenza. “É uma ação contínua. Não é uma promoção”, disse.


De acordo com ele, a Caixa sempre fará estudos de custos, questões operacionais e nível de inadimplência para avaliar reduções de taxas. Hoje, no lançamento do 8º Feirão Caixa da Casa Própria, o banco promete anunciar corte nas taxas de juros do crédito imobiliário.


De acordo com Lenza, a Caixa se antecipou ao cenário de taxas de juros mais baixas no país. “A Caixa decidiu se antecipar e dividir parte do lucro líquido com os nossos clientes”, acrescentou. Segundo ele, a decisão de reduzir juros não foi política. “É uma questão mercadológica”, destacou, em entrevista ao programa Brasil em Pauta.


Neste mês, a Caixa e o Banco do Brasil anunciaram redução de taxas de juros e foram seguidos pelas instituições privadas Itaú, Bradesco, HSBC e Santander.


O programa Brasil em Pauta é feito pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a EBC Serviços.

Jornal Midiamax