Geral

Brasil vira contra donos da casa, vence 2ª e embala no basquete olímpico

A Seleção Brasileira masculina de basquete venceu sua segunda partida pelos Jogos Olímpicos de Londres nesta terça-feira, ao bater o time anfitrião da Grã-Bretanha depois de muito equilíbrio. A equipe sul-americana teve dificuldades no início, chegou a ficar sete pontos atrás, mas se recuperou e fechou em 67 a 62. Com isso, o Brasil se […]

Arquivo Publicado em 31/07/2012, às 17h21

None
1934271914.jpg

A Seleção Brasileira masculina de basquete venceu sua segunda partida pelos Jogos Olímpicos de Londres nesta terça-feira, ao bater o time anfitrião da Grã-Bretanha depois de muito equilíbrio. A equipe sul-americana teve dificuldades no início, chegou a ficar sete pontos atrás, mas se recuperou e fechou em 67 a 62. Com isso, o Brasil se aproximou de uma vaga na próxima etapa da competição.

O grande nome da Seleção no duelo foi Thiago Splitter, cestinha com 21 pontos. Já Marcelinho Huertas foi outro destaque, pois distribuiu oito assistências e roubou a cena. Do lado defensivo, Anderson Varejão pegou seis rebotes e foi mais um grande nome do confronto.

O Brasil saiu perdendo o primeiro quarto após uma atuação muito fraca. A Seleção levou 11 a 4, em um duelo que ficou marcado pelos erros de ambos os lados. Isso, porque a Seleção ainda havia feito dois pontos no primeiro minuto de duelo, somando apenas mais uma cesta em todo o restante dos 10 minutos iniciais.

A equipe se recuperou no segundo quarto, ao aplicar 23 pontos e realizar seu melhor período na partida, igualando a fatura e fechando o primeiro tempo em 27 a 27, com um equilibrado empate.

E o ímpeto ofensivo brasileiro continuou no quarto seguinte, passando à frente dos britânicos com uma diferença de cinco, graças à grande atuação de Splitter e aos rebotes de Varejão, que dominava o quesito sozinho.

No último período, o Brasil chegou a levar mais uma virada dos donos da casa. Splitter, contudo, brilhou de novo e comandou uma nova reação brasileira, que abriu cinco pontos no fim e fechou em 67 a 62.

Agora, a Seleção volta às quadras na próxima quinta-feira, quando enfrenta o perigoso time da Rússia. Ambas as equipes possuem dois triunfos, e disputarão a liderança. A Grã-Bretanha, por sua vez, perdeu seu segundo duelo e encara agora a Espanha, outro time ainda invicto.

Jornal Midiamax