Geral

Brasil se despede do Mundial de Istambul com quatro finais

O Brasil se despede do Mundial de Istambul de Piscina Curta neste domingo com quatro finais, a partir das 15 horas (de Brasília). Fabíola Molina (50m costas), João Gomes Júnior e Felipe Lima (50m peito) e Flávia Delaroli Cazziolaro (50m livre), além do revezamento 4x100m medley, brigam pelo ouro. Na fase classificatória, Daniel Ozerchowski (52s13), […]

Arquivo Publicado em 16/12/2012, às 15h52

None
271435808.jpg

O Brasil se despede do Mundial de Istambul de Piscina Curta neste domingo com quatro finais, a partir das 15 horas (de Brasília). Fabíola Molina (50m costas), João Gomes Júnior e Felipe Lima (50m peito) e Flávia Delaroli Cazziolaro (50m livre), além do revezamento 4x100m medley, brigam pelo ouro.


Na fase classificatória, Daniel Ozerchowski (52s13), João Gomes Júnior (58s04), Kaio Márcio Almeida (50s11) e Guilherme Roth (47s21) formaram o time do revezamento. Na final, a equipe será composta por Guilherme Guido (costas), Felipe Lima (peito) e a comissão técnica avalia a entrada de Nicholas Santos no estilo borboleta ou livre.


Nos 200m peito, a jovem Beatriz Travalon registrou 2min35s15, terminando na 31ª colocação, enquanto Larissa Oliveira foi a 38ª com 2m01s22. Fernando Vanzella, técnico responsável pela natação feminina, se disse surpreendido positivamente pelo trabalho.


“Não esperava que já começasse assim. Foi um momento interessante de transição. Sinto que essa competição atuou de forma muito positiva na autoconfiança das atletas, porque as mais novas sentiram na pele que é possível disputar em igualdade com o primeiro pelotão do esporte”, disse o técnico, que destacou as atletas experientes.


“Achei muito bacana as mais velhas estarem na reta final da carreira com resultados bons e toda a experiência que passaram para a nova geração. Sabemos que, por exemplo, a Holanda não está aqui, que a Austrália e a Suécia têm um time novo, mas já partimos no ano que vem com uma referência boa”, encerrou Vanzella.

Jornal Midiamax